[1]
E. M. Vasconcelos, “ESPAÇO FUNERÁRIO DA ARISTOCRACIA IBERA: UMA ANÁLISE BASTETANA (SÉCULOS VII –IV A.C)”, Rev. Alet, vol. 10, nº 1, p. 118-130, fev. 2015.