https://periodicos.ufrn.br/bibliocanto/issue/feed BiblioCanto 2022-04-21T09:42:00-03:00 Josiana Florêncio Vieira Régis/ Joyanne de Souza Medeiros bibliocanto@bczm.ufrn.br Open Journal Systems <p style="margin: 0px; min-height: 50px; max-height: 125px; overflow: hidden; text-overflow: ellipsis;"><strong>Scope:</strong> A revista eletrônica Bibliocanto é uma publicação da Biblioteca Central Zila Mamede (BCZM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), portanto, um espaço aberto para divulgação de pesquisas científicas, artigo, ensaio, relato de experiência, resenha, resumo, resumo expandido, na área da Biblioteconomia, Ciência da Informação e afins.</p> <p style="margin: 0px; text-align: left;"><strong>Área do conhecimento</strong>:Ciências Sociais Aplicadas <strong>Qualis/CAPES</strong>:- <strong>e-ISSN</strong>:2447-7842 <strong>Contato</strong>:<a title="E-mail" href="mailto:bibliocanto@bczm.ufrn.br" target="_blank" rel="noopener">bibliocanto@bczm.ufrn.br</a></p> https://periodicos.ufrn.br/bibliocanto/article/view/25679 Biblioteca Central Zila Mamede e o inventário de suas coleções especiais 2022-03-11T09:05:54-03:00 Tércia Maria Souza de Moura Marques terciamarques@bczm.ufrn.br Maria do Socorro do Nascimento Oliveira socorronascimento@bczm.ufrn.br Rosa Ticiane de Oliveira Almeida rosa.almeida@ufrn.br Angelike Katherine Pereira da Silva angelike.silva@ufrn.br Juliane medeiros de Lima juliane.medeiros@ufrn.br <p><span style="font-weight: 400;">No ano em que comemora sessenta anos de funcionamento, a Biblioteca Central Zila Mamede realiza o primeiro inventário automatizado do seu patrimônio bibliográfico. Patrimônio este constituído por diversas coleções, o que justifica o recorte feito à escrita do artigo: 9 coleções salvaguardadas no Setor de Coleções Especiais. A pesquisa é um relato de experiência, que objetiva documentar o planejamento, a metodologia utilizada e os resultados alcançados na realização do inventário das 9 coleções, objeto desse estudo, no intuito de contribuir com outras unidades informacionais na realização de seus inventários. Para tanto percorreu as etapas de convocação e capacitação da equipe; organização do acervo; realização da captura de códigos de barras dos materiais por meio do aplicativo Bib Inventário Mobile; avaliação dos dados; localização de erros; aplicação de soluções. Como resultados, o inventário apontou que 12,28% dos materiais cadastrados no sistema apresentavam algum tipo de ocorrência, sendo que a maioria delas não influenciava na busca e recuperação dos materiais. Após as devidas correções, 0,86% do total dos itens inventariados não foram localizados, resultado que, embora reduzido, a equipe espera eliminar nos próximos levantamentos. Finalmente, a atividade permitiu registrar e reparar possíveis erros, perdas e/ou danos, tanto nos materiais físicos como no sistema de gerenciamento do acervo, possibilitando à equipe envolvida um aprendizado significativo e, consequentemente, os seus resultados, servirão de base para o planejamento e tomada de decisões administrativas da biblioteca. </span></p> 2022-03-11T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BiblioCanto https://periodicos.ufrn.br/bibliocanto/article/view/26880 Formação e produção científica docente: uma análise dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola de Ciência da Informação da UFMG 2022-04-20T16:43:51-03:00 Edcleyton Bruno Fernandes da Silva biblioebfs@yahoo.com.br Marlene Oliveira marleneotmelo@gmail.com <p><span style="font-weight: 400;">Este artigo tem por objetivo analisar a formação dos docentes dos Programas de Pós-Graduação </span><em><span style="font-weight: 400;">stricto sensu</span></em><span style="font-weight: 400;"> da Escola de Ciência da Informação (ECI) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A Escola abriga dois Programas de Pós-Graduação </span><em><span style="font-weight: 400;">stricto sensu</span></em><span style="font-weight: 400;"> em atividade, a saber: o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) e o Programa de Pós-Graduação em Gestão e Organização do Conhecimento (PPGGOC), ambos integrantes da área de Comunicação e Informação com nota cinco na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (CAPES). Os procedimentos de coleta de dados foram feitos na plataforma de currículos lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que reúne dados e informações acadêmicas de pesquisadores brasileiros. Os nomes dos docentes credenciados nos Programas de Pós-Graduação foram identificados nos sites destes. Quanto aos procedimentos de análise dos dados, utilizaram-se as seguintes categorias: Graduação, Mestrado, Doutorado, Mestrado e Doutorado, sem formação em Ciência da Informação. Os resultados apontaram um total de 44 professores/pesquisadores: 22 do PPGCI, 10 dos quais não possuem formação em Ciência da Informação, e 22 do PPGGOC, cinco dos quais sem formação em Ciência da Informação. Os professores/pesquisadores são oriundos de 13 áreas científicas em nível de graduação. A maioria deles (14) tem graduação em Biblioteconomia. Nota-se um percentual significativo de professores /pesquisadores sem formação em Ciência da informação. Excluídas a Biblioteconomia e Ciência da Informação, convém ressaltar que outras 11 áreas do conhecimento também estão presentes nas atividades de docência e pesquisa nos Programas de Pós-Graduação analisados.</span></p> 2022-04-20T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BiblioCanto https://periodicos.ufrn.br/bibliocanto/article/view/27527 Estratégia, método e conteúdo: três componentes para compreensão das campanhas contemporâneas de desinformação 2022-04-21T09:42:00-03:00 Max Silva max.silva@fjp.mg.gov.br Beatriz Valadares Cendón bcendon@gmail.com <p><strong>&nbsp;</strong><span style="font-weight: 400;">A profusão de desinformação na web atualmente ocorre com emprego de crescente refinamento e emprego de recursos tecnológicos, linguísticos e métodos capazes de amplificar seu alcance. O presente trabalho buscou compreender, a partir de revisão de literatura, estratégias, métodos e forma de organização do conteúdo nas campanhas de desinformação contemporâneas para propor um modelo para compreensão e análise dessas campanhas. Foram realizadas pesquisas em diversas bases de dados que resultaram na identificação de 18 trabalhos que discutem a dinâmica da desinformação – elementos constitutivos anteriores à manifestação do fenômeno. O conteúdo dessa revisão foi organizado em uma tipologia própria que permitiu conceber três componentes básicos das campanhas de desinformação contemporâneas: estratégia, método e conteúdo. O trabalho descreve e discute esses componentes, cuja compreensão contribui para a análise da desinformação e o desenvolvimento de ferramentas dissuasivas, mitigatórias ou corretivas. O trabalho evidenciou que as campanhas ocorrem com elevado grau de profissionalismo, planejamento e financiamento, de tal forma que soluções simplórias de enfrentamento da desinformação tendem a ser pouco eficazes. Ações de letramento e desenvolvimento de competências informacionais precisam ser acompanhadas de outras iniciativas por parte de governos e empresas de tecnologia da informação.&nbsp;</span></p> 2022-04-21T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2022 BiblioCanto