[1]
T. M. Barbosa, “Mão Branca: Matrizes Míticas do Urbano”, LINCC, vol. 1, nº 1, p. 35-63, 1.