[1]
J. I. França Neto, “Rezas de olhado e quebrante: aspectos simbólicos e performáticos”, RC, vol. 15, nº 2, p. 114 - 132, out. 2016.