[1]
J. B. de Pinho e E. M. Alberto, “CIDADE E SAÚDE”, Rev. Espacial, vol. 17, nº 1, p. 91-123, mar. 2021.