https://periodicos.ufrn.br/informacao/issue/feed Revista Informação na Sociedade Contemporânea 2024-01-13T19:37:51-03:00 Nancy Sánchez Tarragó risc.decin@gmail.com Open Journal Systems <p style="margin: 0px;"><span style="margin: 2px;"> <strong>Escopo:</strong> </span>A Revista Informação na Sociedade Contemporânea (RISC) é uma publicação científica, de acesso aberto, vinculada ao <a href="https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/departamento/portal.jsf?id=63" target="_blank" rel="noopener">Departamento de Ciência da Informação</a> e ao <a href="https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/programa/portal.jsf?id=9196" target="_blank" rel="noopener">Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação</a>, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Configura-se como um canal de socialização dos resultados de estudos e pesquisas realizados na Ciência da Informação, Arquivologia, Biblioteconomia, Museologia e áreas afins. Podem ser submetidos textos originais de docentes, pesquisadores, discentes de pós-graduação e profissionais. Todos os artigos submetidos passam por avaliação duplo-cego. Adotamos a modalidade de publicação em fluxo continuo, em um volume anual. Não cobramos nenhuma taxa por processamento de artigos.</p> <p style="margin: 0px;"> </p> <p style="margin: 0px; text-align: left;"><strong>Área do conhecimento</strong>: Ciência da Informação <strong>e-ISSN</strong>:2447-0198 <strong>Contato</strong>: <a title="E-mail" href="mailto:nvanti@hotmail.com" target="_blank" rel="noopener">risc.decin@gmail.com</a></p> <p style="margin: 0px; text-align: left;"> </p> <p>Síganos em nossas redes sociais para mais noticias e atualizações</p> <p>Instagram @riscufrn</p> <p>FacebooK https://www.facebook.com/revistaRISC</p> <p style="margin: 0px; text-align: left;"> </p> https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/33898 Pentágono da privacidade no Big Data Analytics 2023-12-16T14:02:14-03:00 Brenner Lopes brenner.lopes@gmail.com Ricardo Rodrigues Barbosa rrbarb@gmail.com Luander Cipriano de Jesus Falcão luanderfalcao@yahoo.com.br Renato Rocha Souza rsouzaufmg@gmail.com <p>Vivemos num ambiente caracterizado como um oceano de dados, que cresce não só quanto ao seu volume e quantidade, mas também em termos de variedade, sendo criado e transitando em alta velocidade. Atualmente os dados estruturados estão em quantidade e importância bem menor, e os ajustes e aprimoramentos nas tecnologias e modelos analíticos foram em parte realizados para se adaptarem a essa nova realidade, que convencionou-se chamar de B<em>ig Data Analytics</em>. Entre as questões de grande preocupação, nessa nova realidade, estão as ameaças à privacidade. A questão posta como resultado de diversas pesquisas é que os procedimentos, técnicas, tecnologias e legislações, atualmente disponíveis, não conseguem dar garantia plena à privacidade. Diante desse complexo cenário, o objetivo dessa pesquisa foi propor um modelo teórico multifacetado no âmbito do <em>Big Data Analytics</em>, que garanta a privacidade, ao mesmo tempo em que não inviabilize sua extração de valor. A metodologia proposta para esse trabalho foi a revisão sistemática da literatura, com vistas à análise crítica dos apontamentos e conclusões de estudos anteriores, a identificação e proposição lógica de novas hipóteses e construtos, de maneira a formatar o desenho final de um modelo teórico. Como resultado é proposto o Pentágono da Privacidade no <em>Big Data Analytics, </em>que contempla um caleidoscópio de soluções capazes de garantir a privacidade ao mesmo tempo que dá garantias à extração de valor no <em>Big Data Analytics</em>. O construto obtido como resultado desse trabalho, traz uma resposta concisa e consistente à questão de partida desse trabalho.</p> 2024-01-13T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Brenner Lopes, Ricardo Rodrigues Barbosa, Luander Falcão, Renato Rocha Souza https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/34209 A categoria informação como espaço de hibridação 2023-12-16T14:30:30-03:00 Jackson da Silva Medeiros jacksonmedeiros@outlook.com <p>Este trabalho busca articular, de forma inicial, a ideia de hibridação, de Néstor García Canclini, argumentando que a informação é um dispositivo representativo de um sistema simbólico; um espaço de hibridação cultural que homogeneíza processos heterogêneos, sendo constituído em dispositivo que encapsula uma estrutura dominante de poder que se ordena pela hegemonia como um espaço de circulação de entidades e de poder em negociação.</p> 2024-01-13T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Jackson da Silva Medeiros https://periodicos.ufrn.br/informacao/article/view/34745 A visualização da informação nos observatórios de informação das Federações da Indústria do Brasil 2024-01-04T19:00:38-03:00 Julio Augusto Enders de Albuquerque julioenders@outlook.com Ibsen Mateus Bittencourt ibsen.ead@gmail.com Jovino Pinto Filho jovinoadm@gmail.com Luciana Peixoto Santa Rita luciana.santarita@feac.ufal.br <p>A pesquisa apresenta uma análise dos observatórios da informação ligados às Federações da Indústria do Brasil, responsáveis por fornecer informações expressivas e efetivas para a tomada de decisões no setor industrial. Teve o intento de analisar as estruturas de visualização de informação desses observatórios, investigando como utilizam conceitos, técnicas e tecnologias em visualização de informações para criar seus painéis interativos e divulgar dados em dashboards. O estudo possui caráter de observação exploratória, com abordagem qualitativa e elementos quantitativos para aprofundar a análise e validar hipóteses. Baseia-se em análise bibliográfica e documental, utilizando materiais dos observatórios acessados durante o processo específico de observação. Possui como objetos de investigação os observatórios das Federações da Indústria de sete estados brasileiros (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Santa Catarina), que mantêm processos informacionais consolidados. Os resultados englobam uma revisão bibliográfica significativa sobre os observatórios de informação e a disciplina de Visualização da Informação, além da identificação de boas práticas em técnicas de visualização de informações utilizadas pelos observatórios analisados. Apresenta também uma proposta de modelo para a visualização de informações em ambientes virtuais de observatórios de informação. Conclui-se que a integração entre os observatórios, aliada a investimentos em capacitação e tecnologia, são elementos-chave para o desenvolvimento dessas instituições. Além disso, o modelo conceitual proposto oferece uma estrutura que orienta a implementação e o aprimoramento das práticas de visualização, buscando melhorar a comunicação e a interpretação dos dados.</p> 2024-02-15T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2024 Jovino Pinto Filho, Ibsen Mateus Bittencourt, Luciana Peixoto Santa Rita, Julio Augusto Enders de Albuquerque