“NO DIÁLOGO SE ENCONTRA A POESIA, E NESTA A PRIMAZIA DO QUE SE APRENDEU” (2023) Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, 6(1), p. 183–192. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/manzua/article/view/34298 (Acessado: 25 fevereiro 2024).