Foco e Escopo

Apresentação

 

Vivência: Revista de Antropologia - vinculada ao Departamento de Antropologia e ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRN, apresenta aqui a sua versão online que é o resultado de iniciativas acadêmicas na construção de um ambiente para a publicação de material relevante no estudo de Antropologia e áreas afins. É uma revista de fluxo contínuo, que tem por objetivo publicar artigos, resenhas, relatos de experiência, ensaios, fotografias com números e dossiês temáticos, propostos e aprovados pelas editoras e pelos membros do Conselho Editorial.

 

Francisca de Souza Miller

Lisabete Coradini

Processo de Avaliação pelos Pares

Os critérios a serem julgados no documento: 

  • Se o trabalho apresenta uma reflexão original;
  • Se a bibliografia citada é adequada;
  • Se o texto é bem redigido;
  • Se o texto poderia ser sintetizado;
  • Se o texto requer reestruturação;
  • Se o texto não corresponde aos padrões de um trabalho acadêmico;
  • Relevância do trabalho;
  • O cumprimento dos objetivos a que se propõe;
  • A adequação entre a análise e os dados apresentados;
  • A qualidade e rigor da argumentação.
 
Política de publicação:
 
O artigo será publicado de acordo com a data da submissão. Será criado uma lista de suplência que corresponde a prioridade dada aos artigos mais antigos submetidos no Portal (SEER) dos Periódicos no qual a Vivência: revista de antropologia está incluida. Essa prioridade corresponderá à lista de artigos pertencentes ao numero aceito por dossiê (no máximo 8 artigos por tema de cada dossiê) mais uma sessão de artigos de fluxo contínuo (respeitando o limite maximo de 12 artigos por edição).

 

Todos os artigos submetidos, inclusive os dos dossiês deverão ser avaliados pelos pareceristas ad hoc. Cada artigo passará por 2 avaliadores, caso necessite de mais um parecer, o artigo será avaliado por um terceiro. Geralmente é proporcionado um prazo de 30 dias para os pareceristas avaliarem um artigo. 

 

Os artigos serão publicados por ordem de submissão. Cada número do periódico deverá ser composto por no mínimo 8 e no máximo 12 artigos. No caso dos dossiês, estes deverão ser compostos por no mínimo 3 e no máximo 8 artigos referentes ao tema da proposta. 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratizaçáo mundial do conhecimento.

Comissão Editorial

Carlos Guilherme Octaviano do Valle (UFRN)

Eliane Tânia Martins de Freitas (UFRN)

Elisete Schwade (UFRN)

Francisca de Souza Miller (UFRN)

Jean Segata (UFRN)

José Glebson Vieira (UFRN)

Julie Antoinette Cavignac (UFRN)

Juliana Gonçalves Melo (UFRN)

Lisabete Coradini (UFRN)

Luiz Carvalho Assunção (UFRN)

Rita de Cássia Maria Neves (UFRN)

Rozeli Maria Porto (UFRN)

Conselho Editorial

Angela Maria de Souza Torresan (UFRN)

Antonio Carlos Diegues (USP)

Carmen Sílvia Rial (UFSC)

César González Ochoa (UNAM/México)

Cornélia Eckert (UFRGS)

Clarice Ehlers Peixoto (UERJ)

Edmundo Marcelo Mendes Pereira (UFRJ/Museu Nacional)

Ellen Fensterseifer Woortmann (UnB)

Gabriela Martins (UFPE)

Gloria Ciria Valdéz Gardea (El Colegio de Sonora/México)

Ilka Boaventura Leite (UFSC)

José Guilherme Cantor Magnani (USP)

Luiz Fernando Dias Duarte (UFRJ/Museu Nacional)

Maria Manuela Ligeti Carneiro da Cunha (Universidade de Chicago/EUA)

Miriam Pillar Grossi (UFSC)

Rafael Antonio Pérez-Taylor Aldrete (UNAM/México)

Rinaldo Sérgio Vieira Arruda (PUC-SP)

Roberta Bivar Carneiro Campos (UFPE)

Fontes de Apoio

Editora Universitária da UFRN – EDUFRN

Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes – CCHLA