DIÓGENES LAÉRCIO E O ALVORECER DA FILOSOFIA

Autores

  • Rodrigo Siqueira-Batista
  • Romulo Siqueira Batista

Resumo

O objetivo deste ensaio é apresentar um estudo preliminar sobre o Proêmio do Livro I, das Vidas e doutrinas, enfatizando as principais teses apresentadas pelo autor acerca do alvorecer da filosofia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Siqueira-Batista

Diplomado em Medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1995) e em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2002), especialista (residencia medica) em Doenças Infecciosas e Parasitarias pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999), mestre em Medicina (Doencas Infecciosas e Parasitarias) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002), mestre em Filosofia pela Pontificia Universidade Catolica do Rio de Janeiro (2003) e doutor em Ciências pela Fundação Oswaldo Cruz (2006). Realizou estágios de pós-doutorado no Laboratório de Física Experimental de Altas Energias do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (2008) e no Departamento de Ecologia do Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010). Lecionou no Centro Universitário Serra dos Órgãos (2000-2010) - Curso de Graduação em Medicina e Curso de Graduação em Ciência da Computação - e no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (2007-2009), na área de História e Filosofia da Ciência. Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Medicina e Enfermagem e Co-orientador no Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Docente permanente do Programa de Pós-graduação em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva (PPGBIOS) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PPGSC) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Downloads

Publicado

10-04-2014

Como Citar

SIQUEIRA-BATISTA, R.; BATISTA, R. S. DIÓGENES LAÉRCIO E O ALVORECER DA FILOSOFIA. Revista Alétheia, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 121–128, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/aletheia/article/view/6181. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos