ROMA, A CAPITAL DO IMPÉRIO: UM ESTUDO DO CORPO E DO ESPAÇO NA CIDADE ANTIGA

  • Ana Paula Santana Filgueira Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Resumo

Tendo como base os princípios que designam o espaço enquanto produto da experiência humana e do sagrado como a ritualização de um dado espaço, analisaremos como os romanos construíram sua cidade enquanto uma representação do equilíbrio entre o mundo terreno e o dos deuses. Pensaremos na cidade, suas ruas, edifícios, estátuas e toda a sua estrutura, fruto de um planejamento urbano, baseado em princípios matemáticos, mas que em seu alicerce guarda medos, anseios, mitos, esperanças e memórias, daqueles que a habitaram ou simplesmente passaram por ela. A partir desse ponto de vista, o objetivo deste trabalho é mostrar como a cidade, modelo de racionalidade foi também edificada pelo mito.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
14-02-2015
Como Citar
SANTANA FILGUEIRA, A. P. ROMA, A CAPITAL DO IMPÉRIO: UM ESTUDO DO CORPO E DO ESPAÇO NA CIDADE ANTIGA. Revista Alétheia, v. 10, n. 1, p. 79-87, 14 fev. 2015.
Seção
Artigos