UM OLHAR SOBRE O SANEAMENTO BÁSICO A PARTIR DOS ESPAÇOS CONCEBIDOS, VIVIDOS E PERCEBIDOS E DA ATUAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2177-8396.2023v35n2ID31132

Resumo

Este artigo problematiza a questão do saneamento básico no Brasil, tema de relevância no contexto atual. O objetivo geral é analisar o saneamento básico na perspectiva dos espaços concebidos pela política e pelo plano do setor e os espaços vividos e percebidos pelos agentes mais pobres. Como metodologia, recorreu-se a procedimentos de pesquisas bibliográfica e documental. O espaço urbano brasileiro é marcado por conflitos e desigualdades entre os agentes que o produzem. Historicamente, as classes populares têm seus direitos lesados e, no que se refere ao saneamento, o EstTado corrobora para essa situação, privilegiando os interesses do mercado e da elite. A partir da compreensão dos espaços concebido, vivido e percebido, verificou-se que há uma negligência da garantia do direito a esses serviços pelas classes populares, além de haver uma incompatibilidade entre o espaço concebido pelo Estado e os espaços vivido e percebido pelos agentes mais pobres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ravena Valcácer , Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui Graduação (2018) e Mestrado (2021) em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atualmente é aluna do Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGE) a nível de Doutorado pela instituição de ensino superior supracitada. Realiza pesquisas em Geografia Urbana, com ênfase em políticas habitacionais e em saneamento básico.

Downloads

Publicado

22-12-2023

Como Citar

VALCÁCER , R.; RODRIGUES DINIZ MORAIS, I. UM OLHAR SOBRE O SANEAMENTO BÁSICO A PARTIR DOS ESPAÇOS CONCEBIDOS, VIVIDOS E PERCEBIDOS E DA ATUAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO. Sociedade e Território, [S. l.], v. 35, n. 2, 2023. DOI: 10.21680/2177-8396.2023v35n2ID31132. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/sociedadeeterritorio/article/view/31132. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS