A natureza como elemento de permanência da tradição: uma relação comparativa entre Gonçalves Dias e Ferreira Itajubá

  • Mayara Costa Pinheiro
Palavras-chave: Literatura, Romantismo, Ferreira Itajubá

Resumo

Procura mostrar como a temática da natureza, que permeia a Literatura Brasileira desde seu início, insere o poeta  Ferreira Itajubá na tradiçáo literária brasileira. Para tanto, utilizara o conceito de tradiçáo proposto por T. S. Eliot, no ensaio “Tradiçáo e talento individual” (1989) e estabelece uma comparaçáo entre o poema “Cançáo do exílio”, de Gonçalves Dias, e trechos da obra Terra Natal, de Ferreira Itajubá.

 

Mayara Costa Pinheiro é graduada em Letras Língua Portuguesa e Literaturas (UFRN), tendo experiência científica nas áreas de Linguística textual, Literatura Brasileira e Literatura Norte-rio-grandense. Mestranda em Literatura Comparada, no Programa de Pós-Graduaçáo em Estudos da Linguagem (UFRN). Membro do Grupo de Pesquisa "Crítica Integrativa: Estudos de Literatura e Sociedade" (UFRN).


 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
24-10-2011
Como Citar
PINHEIRO, M. C. A natureza como elemento de permanência da tradição: uma relação comparativa entre Gonçalves Dias e Ferreira Itajubá. Imburana: revista do Núcleo Câmara Cascudo de Estudos Norte-Rio-Grandenses, v. 2, n. 4, p. 78-89, 24 out. 2011.