ABOIO: O CANTO MELÓDICO DO VAQUEIRO

Autores

  • José Luiz Ferreira

Palavras-chave:

Câmara Cascudo, Literatura brasileira, Tradição, Dicionário do Folclore Brasileiro

Resumo

Em pleno momento de comemoração de 60 anos de publicação do Dicionário do Folclore Brasileiro, de Luís da Câmara Cascudo, a leitura dessa obra é de fundamental importância para a compreensão das matrizes culturais brasileiras, uma vez que ela pode nos dar um olhar mais amplo e equilibrado para o entendimento da realidade, haja vista o nosso desejo de inserção no panorama mundial. Na tentativa de contribuir com o debate, este artigo faz uma leitura de dos verbetes “aboio” e “aboio cantado, aboio em verso”, presentes no Dicionário, cotejando-os com outro texto da mesma temática, “O aboiador,” publicado pelo autor na Revista do Brasil, no ano de 1921, buscando estabelecer os vínculos existentes entre estas práticas culturais presentes no cenário sertanejo e sua base de sustentação mais ampla, a tradição cultura ocidental.

José Luiz Ferreira é professor de Literatura Brasileira do Departamento de Letras do CERES/UFRN e é credenciado no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem/PPgEL/UFRN, na área de concentração em Literatura Comparada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2014

Como Citar

FERREIRA, J. L. ABOIO: O CANTO MELÓDICO DO VAQUEIRO. Imburana: revista do Núcleo Câmara Cascudo de Estudos Norte-Rio-Grandenses, [S. l.], v. 5, n. 9, p. 47–60, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/imburana/article/view/6860. Acesso em: 30 nov. 2022.