INFECÇÃO EM CIRURGIA

  • Aldo Cunha Medeiros Federal University of Rio Grande do Norte
  • Marília Daniela Ferreira de Carvalho

Abstract

Objetivo: Este trabalho de revisão teve como objetivo discutir conceitos, fatores de risco e abordagens cirúrgicas para prevenir, diagnosticar e tratar a infecção do sítio cirúrgico, juntamente com tratamentos antimicrobianos, a fim de reduzir significativamente as taxas de morbidade e mortalidade associadas à infecção. Métodos: Revisão da literatura pertinente em inglês e português utilizando bases de dados eletrônicas. Resultados: Vários organismos resistentes emergiram como a causa maléfica de infecção invasiva em pacientes cirúrgicos. Discutimos o risco de infecção do sítio cirúrgico como multifatorial e incluímos uma série de fatores microbianos, relacionados ao paciente e relacionados ao procedimento. A prevenção da infecção cirúrgica baseia-se na otimização dos fatores do paciente e o uso de umavariedade de medidas farmacológicas e não-farmacológicas foram analisadas. O conceito de profilaxia antimicrobiana demonstram ser eficazes na redução do risco de infecção em paciente cirúrgico. Conclusão: É importante reconhecer a infecção e estabelecer medidas para a prevenção da infecção do sítio cirúrgico. Este é um problema cada vez mais complexo e repleto de nuances. As medidas de controle de infecção e a vigilância constante das feridas continuam a ser os principais adjuntos ao controle de infecções invasivas em pacientes cirúrgicos.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Aldo Cunha Medeiros, Federal University of Rio Grande do Norte

Department of Surgery

Nucleous of Exprimental Surgery, Chair

Published
02-03-2017
How to Cite
MEDEIROS, A. C.; CARVALHO, M. D. F. DE. INFECÇÃO EM CIRURGIA. JOURNAL OF SURGICAL AND CLINICAL RESEARCH, v. 7, n. 2, p. 60-73, 2 Mar. 2017.
Section
REVIEW