CARBON DIOXIDE PNEUMOPERITONE AND POST-OPERATIVE IMMUNOSUPPRESSION: SYSTEMATIC REVIEW

Authors

  • Rebecca Renata Lapenda do Monte neidja renata de vasconcelos lapenda
  • Natassia Vianna Bocchese
  • Noele Gurgel D’Ávila Universidade Potiguar
  • Maria Beatriz Maia Rodrigues Universidade Potiguar
  • Irami Araújo-Filho Universidade Potiguar

DOI:

https://doi.org/10.20398/jscr.v11i1.20430

Keywords:

Immune System, Laparoscopy, Laparotomy, Carbon Dioxide

Abstract

O trauma cirúrgico produz disfunção imunológica profunda. As estratégias terapêuticas direcionadas à restauração da homeostase devem ter como objetivo corrigir ou desequilibrar o fisiológico pró-inflamatório e anti-inflamatório associado a cirurgias de grande porte. Cada vez mais, foi comprovada a influência das cirurgias laparoscópicas para a redução da imunossupressão. O presente estudo objetivou correlacionar o uso de dióxido de carbono (CO2) em cirurgias videolaparoscópicas e a resposta imunológica pós-operatória. Foi realizada uma revisão de literatura sistemática, usando as bases de dados: PubMed / MedLine, Scopus, Embase e Web of Science e Google Scholar sobre o tema da revisão, utilizando as palavras-chave relacionadas. Os artigos foram divididos em cinco categorias: 1) Pneumoperitônio; 2) Pneumoperitônio e oncologia; 3) Cirurgia laparoscópica. Foi observado que o trauma cirúrgico causa a liberação de citocinas inflamatórias, principalmente TNF-alfa, IL-6 e PCR. No entanto, em relação à cirurgia aberta, uma laparoscopia favorece melhor imunoproteção e menores taxas de complicações pós-operatórias. Esta é uma técnica preferida na maioria dos serviços de cirurgia, incluindo cirurgia oncológica. A cirurgia laparoscópica é preferível à cirurgia aberta por causa do menor comprometimento das respostas imunes e inflamatórias, visto que é menos invasivo. Esta é uma técnica preferida na maioria dos serviços de cirurgia, incluindo cirurgia oncológica. A cirurgia laparoscópica é preferível à cirurgia aberta por causa do menor comprometimento das respostas imunes e inflamatórias, visto que é menos invasivo. Esta é uma técnica preferida na maioria dos serviços de cirurgia, incluindo cirurgia oncológica. A cirurgia laparoscópica é preferível à cirurgia aberta por causa do menor comprometimento das respostas imunes e inflamatórias, visto que é menos invasivo.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

22-05-2020

How to Cite

MONTE, R. R. L. do .; BOCCHESE, N. V.; D’ÁVILA, N. G.; RODRIGUES, M. B. M.; ARAÚJO-FILHO, I. CARBON DIOXIDE PNEUMOPERITONE AND POST-OPERATIVE IMMUNOSUPPRESSION: SYSTEMATIC REVIEW. JOURNAL OF SURGICAL AND CLINICAL RESEARCH, [S. l.], v. 11, n. 1, p. 46–54, 2020. DOI: 10.20398/jscr.v11i1.20430. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/jscr/article/view/20430. Acesso em: 3 oct. 2022.

Issue

Section

REVIEW