Manejo intraoperatório do sangramento em cirurgias de grande porte com métodos viscoelástico

Authors

  • daniel vieira de queiroz Hospital Federal dos Servidores do Estado
  • Marcelo Sampaio Duran Hospital Federal dos Servidores do Estado
  • Aline Alonso Cherman Hospital Federal dos Servidores do Estado

DOI:

https://doi.org/10.20398/jscr.v12i2.25736

Keywords:

tromboelastometria rotacional, coagulação, terapia guiada por metas, hemorragia aguda

Abstract

A monitoração perioperatória da coagulação sanguínea é fundamental para estimar o risco de sangramento, diagnosticar coagulopatias, e orientar as terapias hemostáticas durante os procedimentos cirúrgicos. A avaliação da hemostasia e a escolha dos hemoderivados têm sido tradicionalmente feitas com base em testes convencionais de coagulação. No entanto, esses testes têm limitações, como tempos de resposta elevados e avaliação de apenas parte de todo o processo de formação do coágulo. Os testes viscoelásticos são uma alternativa à utilização dos métodos tradicionais de monitoramento da hemostasia, pois permitem uma avaliação global da coagulação sanguínea, desde o início da geração do trombo até sua dissolução, com resultados rápidos no atendimento. Dentre eles, está a tromboelastometria rotacional, que expressa graficamente a amplitude em função do tempo de todas as etapas de geração e lise do coágulo, traduzindo em valores absolutos os parâmetros analisados. As principais recomendações de uso desse método incluem o diagnóstico e orientação da terapia hemostática no período perioperatório de cirurgias de grande porte, como cirurgia cardíaca e transplante de fígado, e em quadros de politrauma e sangramento em pacientes críticos. Os objetivos deste estudo consistem em apresentar uma atualização dos métodos viscoelásticos (com foco na tromboelastometria rotacional) e sua aplicabilidade em diferentes cenários clínicos.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

28-12-2021

How to Cite

DE QUEIROZ, D. V.; DURAN, M. S.; CHERMAN, A. A. Manejo intraoperatório do sangramento em cirurgias de grande porte com métodos viscoelástico. JOURNAL OF SURGICAL AND CLINICAL RESEARCH, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 127–142, 2021. DOI: 10.20398/jscr.v12i2.25736. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/jscr/article/view/25736. Acesso em: 7 jul. 2022.

Issue

Section

REVIEW