UM PORTO DO SERTÃO, UM CENTRO REGIONAL: A VILA DE SANTA CRUZ DO ARACATI NO SÉCULO XVIII

Autores

  • Gabriel Parente Nogueira Doutorando em História Social no PPGH da Universidade Federal do Ceará

Resumo

Este artigo visa analisar a inserção da vila de Aracati em espaços como a capitania do Siará Grande, capitania geral de Pernambuco e a porção atlântica do Império português, durante o século XVIII e início do XIX. Baseado nas discussões acerca das relações centro-periferia, Aracati, a vila mais rica da capitania do Siará Grande no século XVIII, é caracterizada como um ponto de encontro entre o sertão e o litoral a partir das suas relações com os sertões da ribeira do Jaguaribe e várias cidades e regiões da América portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

05-12-2016

Como Citar

NOGUEIRA, G. P. UM PORTO DO SERTÃO, UM CENTRO REGIONAL: A VILA DE SANTA CRUZ DO ARACATI NO SÉCULO XVIII. Revista Porto, [S. l.], v. 3, n. 4, p. 2–26, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/porto/article/view/10921. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos