O IMPACTO DA PANDEMIA NO MODO DE TRABALHO NO SETOR PÚBLICO E PRIVADO

UMA ANÁLISE PARA O BRASIL E PARA A REGIÃO NORDESTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2316-5235.2021v10n2ID25350

Resumo

Com o início da crise sanitária provocada pelo Covid-19, medidas de distanciamento social foram tomadas no país e no mundo. Invariavelmente o mercado de trabalho começou a sofrer as consequências dessas medidas, para uma parcela da população foi possível continuarem exercendo suas atividades laborais de forma remota, outros foram afastados, desligados ou seguiram trabalhando como antes. Este trabalho investiga o impacto da pandemia do Covid-19 no modo de trabalho do setor público e privado no Brasil e na região Nordeste. Para isso conta como os dados da PNAD Covid-19, divulgado pelo IBGE. Os resultados apontam que tanto para o país quanto para o Nordeste, está ocupado no setor público implica em maiores chances de estar trabalhando de forma remota ou afastada devido ao distanciamento social. Ademais, nota-se uma forte relação entre a escolaridade do trabalhador e esse está trabalhando de forma remota, enquanto o oposto é encontrado para o afastamento, isto é, quanto mais escolarizado, menor a probabilidade de o trabalhador estar afastado devido ao distanciamento social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

03-12-2021

Como Citar

MARTINS, F.; SANDOVAL GÓES, G.; SENA NASCIMENTO, J. A. O IMPACTO DA PANDEMIA NO MODO DE TRABALHO NO SETOR PÚBLICO E PRIVADO : UMA ANÁLISE PARA O BRASIL E PARA A REGIÃO NORDESTE. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 118–147, 2021. DOI: 10.21680/2316-5235.2021v10n2ID25350. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/25350. Acesso em: 20 maio. 2022.