REFLEXÕES SOBRE O PROCESSO HISTÓRICO DE FORMAÇÃO DO RIO GRANDE DO NORTE

Autores

  • Francisco Wellington Duarte Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.21680/2316-5235.2021v10n2ID26523

Resumo

O artigo busca fazer uma recuperação sócio-econômica do processo de formatação territorial do Rio Grande, desde os princípios da sua ocupação, nos primórdios do século XVI, até a primeira implementação da divisão administrativa da Capitania, ocorrida em 1760. O artigo propõe-se a recompor esse processo histórico do Rio Grande do Norte, desde as suas raízes mais antigas, com a ocupação feita com foco militar e na devastação produzida pelos holandeses (1633-54), passando pela guerra genocida, de quase extermínio, dos nativos (1680-1720), que possibilitou a ocupação e demarcação definitiva das terras potiguares (1760).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

03-12-2021

Como Citar

DUARTE, F. W. REFLEXÕES SOBRE O PROCESSO HISTÓRICO DE FORMAÇÃO DO RIO GRANDE DO NORTE. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 47–64, 2021. DOI: 10.21680/2316-5235.2021v10n2ID26523. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/26523. Acesso em: 8 ago. 2022.