REFLEXÃO TEÓRICA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA MOEDA E DO CRÉDITO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Autores

  • Rosangela dos Santos Alves Pequeno Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

DOI:

https://doi.org/10.21680/2316-5235.2023v12n2ID34688

Resumo

Este artigo objetiva destacar a importância da moeda e do crédito para o desenvolvimento regional. Metodologicamente, foi realizada uma revisão teórica macroeconômica sobre as abordagens keynesiana, neokeynesiana e pós-keynesiana para demonstrar os diferentes aspectos do keynesianismo que exploram o papel central da moeda e do crédito correlacionados com a economia regional. Nesta perspectiva, constatou-se que a teoria pós-keynesiana é a que mais defende a tese de que nas fases expansionistas da economia, por meio do crédito, os bancos têm capacidade de expandir o crescimento econômico. Devido à incerteza, durante as recessões, os bancos racionam o crédito, causando flutuações no nível de oferta e, consequentemente, nos níveis de investimentos, produção e emprego. Desta forma, este comportamento influencia o grau de desenvolvimento econômico das regiões devido à preferência pela liquidez bancária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-12-2023

Como Citar

PEQUENO, R. dos S. A. REFLEXÃO TEÓRICA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA MOEDA E DO CRÉDITO PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 31–59, 2023. DOI: 10.21680/2316-5235.2023v12n2ID34688. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/34688. Acesso em: 13 jul. 2024.