A GEODIVERSIDADE DO SÍTIO GEOMORFOLÓGICO CACHOEIRA DO RIO TAMANDUÁ, CARAMBEÍ, CAMPOS GERAIS DO PARANÁ

  • Isonel Sandino Meneguzzo Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)
  • Henrique Simão Pontes Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) https://orcid.org/0000-0003-3872-6408
  • Pedro Crist Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Resumo


Este artigo mostra a caracterização da geodiversidade do sítio geomorfológico Cachoeira do Rio Tamanduá (SGCRT), município de Carambeí (Paraná). Os procedimentos metodológicos envolveram pesquisa bibliográfica, análise de carta topográfica e geológica, trabalhos de campo e de laboratório. Na área do sítio foi identificado um conjunto de feições da geodiversidade regional, mostrando potencial para o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, observação da paisagem, geoturismo, pesquisas científicas e práticas de campo para atividades didáticas. No entanto, é necessária a elaboração de trabalhos de gestão territorial, visando disciplinar os usos do solo existentes no local, adequando com os preceitos da legislação vigente e com as características ambientais do geossítio, a fim de harmonizar as ações e necessidades da sociedade com os princípios da geoconservação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
09-05-2021
Como Citar
MENEGUZZO, I. S.; PONTES, H. S.; CRIST, P. A GEODIVERSIDADE DO SÍTIO GEOMORFOLÓGICO CACHOEIRA DO RIO TAMANDUÁ, CARAMBEÍ, CAMPOS GERAIS DO PARANÁ. Sociedade e Território, v. 33, n. 1, p. 169-187, 9 maio 2021.