As FRAÇÕES DE CLASSE NO PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA (2018-2028) A LUZ DAS IDEIAS DE POULANTZAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2177-8396.2023v35n2ID30615

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir o Estado na perspectiva de Nicos Poulantzas, considerando nosso intuito de compreender a configuração desta instância mediadora da vida social e seus desdobramentos entre os anos de 2018 e 2021 no decorrer do processo de revisão do Plano Diretor do município de Londrina, localizado no Sul do Brasil. Verificou-se uma conjuntura com acirrada disputa política, econômica e social em meio a realidade do processo de revisão do Plano Diretor, com forte presença da classe dominante na escala local e fraca participação da classe popular.  Conclui-se que a ação do Estado e seus elementos junto ao processo de planejamento urbano participativo, no caso da revisão do Plano Diretor Participativo do Município de Londrina (2018 – 2028), foi ao encontro da classe de maior poder aquisitivo e não atendeu os anseios coletivos da população, sendo essa última fracamente representada nos fóruns de participação popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssika Vieira Marques , Universidade Estadual de Londrina

Assistente social, mestra e doutoranda do Programa de Pós Graduação em Serviço Social e Política Social da Universidade Estadual de Londrina.

Ideni Terezinha Antonello, Universidade Estadual de Londrina

Prof.ª Dr.ª Associada Curso de Graduação e Pós-graduação em Geografia no Departamento de Geociências da Universidade Estadual de Londrina. 

Sandra Maria de Almeida Cordeiro, Universidade Estadual de Londrina

Profa. Dra. no Programa de Pós Graduação em Serviço Social e Política Social no Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual de Londrina. 

Léia Aparecida Veiga, Universidade Estadual de Londrina

Licenciada em Geografia e Géografa pela Universidade Estadual de Londrina/UEL. Especialista em Análise Ambiental e Ciências da Terra e Mestre em Meio Ambiente, Desenvolvimento e Geografia pela UEL. Doutora em Geografia pela UEM. Estágio de Pós-doutoramento em Geografia com área de concentração na linha Geoambiental pela UEL. Docente na linha Socioespacial no PPGEO/UEL (mestrado/doutorado). Tem pesquisado no campo da geografia Urbana, Planejamento Urbano e Ensino de Geografia. 

Downloads

Publicado

22-12-2023

Como Citar

VIEIRA MARQUES , J. .; ANTONELLO, I. T.; DE ALMEIDA CORDEIRO, S. M.; VEIGA, L. A. As FRAÇÕES DE CLASSE NO PROCESSO DE REVISÃO DO PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DO MUNICÍPIO DE LONDRINA (2018-2028) A LUZ DAS IDEIAS DE POULANTZAS . Sociedade e Território, [S. l.], v. 35, n. 2, 2023. DOI: 10.21680/2177-8396.2023v35n2ID30615. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/sociedadeeterritorio/article/view/30615. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS