CULTURA, HISTÓRIA E SOCIEDADE: Heranças Socioculturais e Manifestações Luso-Afro-Indígena-Brasileiras

  • Vânia Vasconcelos Gico
  • Ana Carmem Nascimento Silva
  • Pingréwaoga Béma Abdoul Hadi Savadogo

Resumo

Discute-se experiência docente baseada na formação humana, envolvendo o corpo docente/discente da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), localizada em Redenção, Ceará, Brasil e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), religando ensino pesquisa e extensão, tendo como referencial epistemológico os princípios do conhecimento transdisciplinar, tanto nas reflexões da práxis do conhecimento, como na interpretação empírica da cultura, história e sociedade. A experiência teve como objetivo incentivar o estudante à reflexão da sua aprendizagem
nas disciplinas do Bacharelado em Humanidades (BHU), Ciências da Natureza e Engenharia, em especial naquelas que foram discutidos os conceitos de
formação do ethos nacional a partir da literatura e da arte; da herança cultural em suas diversidades e manifestações étnico-raciais brasileiras, em suas matrizes luso, afro, indígena, brasileiras, bem como conhecer as experiências de autores selecionados que escreveram sobre a literatura e a arte do Timor Leste; Guiné Bissau; Moçambique, Angola. Como estratégia de pesquisa desenvolveu-se a pesquisa bibliográfica e a pesquisa de campo, composta de entrevistas e questionários, tendo como principal meta, o exercício prático dos conceitos das disciplinas. Do locus discente, o estudo da bibliografia recomendada efetivava-se tanto na dimensão individual, quanto na dimensão coletiva; em âmbito individual, o discente fez suas leituras sobre a temática e, foi buscando sedimentar-se a partir de interpretação própria em relação a cada ideia geradora da temática em estudo; a dimensão coletiva consistiu de uma reflexão (práxis discente), em grupo, avaliando-se o que poderia ser apropriado pelo discente, em termos de interpretação da realidade, a qual foi socializada entre os demais estudantes em fórum de comunicação na instituição. Conclui-se que a experiência foi uma grande oportunidade para a formação humanizada dos alunos, enriquecendo sua visão de pesquisa e extensão, além de sedimentar o conhecimento recebido no ensino, religando saberes/práticas, entre si e com participantes de outros espaços externos à universidade, legitimando o compromisso social da Universidade perante a sociedade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
06-03-2017
Como Citar
GICO, V. V.; SILVA, A. C. N.; HADI SAVADOGO, P. B. A. CULTURA, HISTÓRIA E SOCIEDADE: Heranças Socioculturais e Manifestações Luso-Afro-Indígena-Brasileiras. Revista Cronos, v. 16, n. 2, p. 150-165, 6 mar. 2017.