Corpos, gênero e sexualidades gays na corda bamba ético-metodológica: um percurso possível de pesquisa na internet

Autores

  • Luiz Felipe Zago PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
  • Luís Henrique Sacchi dos Santos Faculdade de Educação - Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

O artigo parte da retomada dos métodos empregados pesquisas desenvolvidas através da internet, tendo por objeto as construções de gênero e sexualidade presentes em sites de relacionamento e salas de bate-papo online para homens gays, problematizando noções de ética em pesquisa. Abordamos o lugar dos pesquisadores no processo de pesquisa, assinalando que o corpo do/a pesquisador/a pode ser o ‘passaporte’ de entrada para o campo de produção de dados e interrogando as implicações éticas do corpo do/a pesquisador/a como um elemento que possibilite o desenvolvimento da pesquisa. Indicamos que o ‘método consensual’ de participação nas pesquisas através da internet é aquele que exige que a ética seja convertida em um instrumento de pesquisa, bem como aquele que coloque o corpo dos/as pesquisadores/as como objetos de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Felipe Zago, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

Graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2006) e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Já autou como jornalista e assessor de comunicação. Foi coordenador e consultor de projetos de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis, HIV/Aids entre a população de jovens adultos de 20 e 30 anos e entre homens que fazem sexo com homens das cidades de Porto Alegre e região metropolitana. Também atuou em oficinas de formação sobre gênero e sexualidade para profissionais de saúde e de educação da rede pública. Atualmente é doutorando no Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UFRGS, com Doutorado Sanduíche Nacional no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense, sob orientação da Professora Doutora Paula Sibilia, e com Doutorado Sanduíche Internacional na Faculty of Health Sciences - School of Nursing da University of Ottawa, no Canadá, sob orientação do Professor Doutor Dave Holmes. Suas áreas de interesse são relações de gênero, corpo, sexualidade, saúde, Direitos Humanos, produção de subjetividades e mídia.

Luís Henrique Sacchi dos Santos, Faculdade de Educação - Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor Adjunto (III) no Departamento de Ensino e Currículo da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atua na graduação (na área de Educação e Saúde) dos cursos de Pedagogia, Enfermagem, Fisioterapia, Dança e Educação Física, bem como no Pós-Graduação em Educação (PPGEDU/UFRGS), na linha de pesquisa "Educação, gênero e sexualidade", no eixo "Políticas de Corpo e de Saúde".Possui graduação em Ciências Biológicas (PUC/RS - 1992), Mestrado em Educação (Programa de Pós-Graduação em Educação/UFRGS - 1998), Doutorado em Educação (PPGEDU/UFRGS - 2002), sob orientação da Dra. Maria Lúcia Castagna Wortmann, com Doutorado Sanduíche na Universidade de Toronto (2001), sob supervisão da Dra. Denise Gastaldo. Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos culturais em educação, estudos de gênero e sexualidade, estudos de corpo, corpo e saúde, cultura somática, educação em saúde (promoção da saúde), medicalização, biossociabilidade e biologia cidadã. É membro do Grupo de Estudos de Educação e Relações de Gênero (GEERGE) e do EDUCASAÚDE, ambos da UFRGS. Atualmente (2012-2016) desenvolve o projeto: EDUCAÇÃO, SAÚDE & CIÊNCIAS: dispositivo de medicalização e produção contemporânea dos corpos.

Downloads

Publicado

06/04/2013

Como Citar

ZAGO, L. F.; SACCHI DOS SANTOS, L. H. Corpos, gênero e sexualidades gays na corda bamba ético-metodológica: um percurso possível de pesquisa na internet. Revista Cronos, [S. l.], v. 12, n. 2, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/cronos/article/view/2205. Acesso em: 27 maio. 2024.