DESIGUALDADES SOCIAIS E COVID-19 NO BRASIL:

Uma análise das narrativas produzidas nas mídias sociais em 2020

Autores

  • Fernando Forattini PUC-SP
  • Livia Clarete The City University of New York

Palavras-chave:

Covid-19, mídias sociais, desigualdade social, políticas públicas, resistências

Resumo

Este artigo examina as narrativas das mídias sociais durante a pandemia de Covid-19 no Brasil, focando em narrativas socioeconômicas e raciais e na importância da comunicação precisa e confiável. Para isso, foram coletadas mais de 28,1 milhões de postagens no Facebook, Instagram e Twitter, entre 13 de março e 16 de outubro de 2020. Foi visto que essas narrativas refletiam interesses e perspectivas distintas da sociedade brasileira, enquanto algumas destacavam a responsabilidade individual na prevenção do vírus, outras enfatizavam a necessidade de políticas públicas para mitigar seus efeitos sobre as populações mais vulneráveis. Essas narrativas também estavam relacionadas a questões políticas e econômicas, refletindo disputas entre diferentes modelos político-econômicos. Representantes de um modelo neoliberal defenderam menor intervenção estatal e foram incapazes de lidar com os efeitos da pandemia, promovendo a desinformação e narrativas falsas visando a deslegitimação do impacto desigual da pandemia como resposta defensiva. Já os representantes de um modelo estatal mais participativo reconheciam a importância das medidas de prevenção e o reforço do sistema de saúde pública para combater a pandemia. Este estudo busca contribuir à compreensão das dinâmicas sociais e políticas em tempos de crise, mostrando como as narrativas presentes na arena pública, como as mídias sociais, foram usadas tanto como meio de ataque como de resistência ao desmonte do sistema de saúde, à desigualdade social exacerbada pela pandemia e como modo de disseminação de informações precisas para combater o vírus e a desinformação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02/26/2024

Como Citar

FORATTINI, F.; CLARETE, L. DESIGUALDADES SOCIAIS E COVID-19 NO BRASIL:: Uma análise das narrativas produzidas nas mídias sociais em 2020. Revista Cronos, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 38–66, 2024. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/cronos/article/view/32830. Acesso em: 24 maio. 2024.