FOGO DE MONTURO

MEMÓRIA DA MONTAGEM DO GRUPO ARKHÉTYPOS E A ATUAL PRÉ-DITADURA NO BRASIL

  • Luciana de Fátima Rocha Pereira de Lyra UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro / ABRACE

Resumo

Partindo da montagem do espetáculo Fogo de Monturo, com o Grupo de Teatro Arkhétypos (UFRN), entre os anos de 2014 e 2015, este artigo, grafado em primeira pessoa, busca cartografar uma linha memorial que traça referenciais de construção da dramaturgia, da música e dos elementos visuais deste trabalho, intentando apontar a sua encenação como plataforma prognóstica de um programa político pré-ditatorial instalado no Brasil em tempos de ação bolsonarista na presidência da república, entre os anos de 2019 e 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana de Fátima Rocha Pereira de Lyra, UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro / ABRACE
Atriz, performer, dramaturga, escritora, encenadora e professora na área das Artes da Cena. Docente adjunta efetiva do Departamento de Ensino da Arte e Cultura Popular e do Programa de Pós Graduação em Artes no Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Docente colaboradora do Programa de Pós graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Docente colaboradora e Pós doutora pelo Programa de Pós graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Pós-doutora em Antropologia, pela Universidade de São Paulo (FFLCH/USP), é também Mestre e Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Campinas (IA/UNICAMP-SP). Especialista em Ensino da História das Artes e das Religiões pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e graduada em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ainda possui o título de Bacharelado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP-PE). Atuou como docente do Departamento de Artes Cênicas, Educação e Fundamentos da Comunicação no Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em São Paulo, como docente da graduação em Artes e da pós graduação lato sensu da Universidade Guarulhos (UNG), da graduação em teatro e pós graduação lato sensu da Faculdade Paulista de Arte (FPA), em São Paulo, e também foi mestre nas áreas de atuação e preparação corporal da Escola Livre de Teatro de Santo André (ELT). É editora da Revista Arte da Cena (UFG), integrante do grupos de pesquisa: Antropologia, Performance e Drama (NAPEDRA-USP), Poéticas Atorais (UNESP), Terreiro de Investigações Cênicas (UNESP) e Imagem, mito e imaginário nas artes da cena (ÍMAN-UFG). Coordena o grupo de pesquisa e extensão intitulado MOTIM - Mito, Rito e Cartografias Femininas nas Artes (UERJ). Atua na Companhia de teatro OS FOFOS ENCENAM, da Cooperativa Paulista de Teatro e dirige seu próprio estúdio de investigação UNALUNA - PESQUISA E CRIAÇÃO EM ARTE. Formada no Método Feldenkrais de educação somática pelo Feldenkrais International Trainning.
Publicado
16-07-2020
Como Citar
LYRA, L. DE F. R. P. DE. FOGO DE MONTURO. Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, v. 3, n. 1, p. 6-19, 16 jul. 2020.