A ABORDAGEM EM APLS E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL/LOCAL: Reflexões sobre as Conexões deste Debate

Autores

  • Carina Aparecida Barbosa Mendes Chaves UFRN
  • Valdênia Apolinário UFRN

Resumo

O presente artigo analisa conexões entre a abordagem em Arranjos Produtivos Locais (APLs), enunciada pela Rede de Pesquisa em Sistemas e Arranjos Produtivos e Inovativos Locais (RedeSist/IE/UFRJ), e o desenvolvimento regional/local. A preocupação central de pesquisa é revelar alguns antecedentes teóricos do enfoque em APLs, contidos no ‘debate regional’ que se constrói ao longo do século XX. A metodologia inclui uma pesquisa secundária que revisa autores que tratam do ‘debate regional’, com destaque para a experiência brasileira, bem como sobre o enfoque em APLs, tendo por base o seu conceito e preocupações. Os resultados demonstram que a abordagem em APLs sintetiza inúmeros aspectos ressaltados pelo ‘novo’ debate regional, a exemplo das características estruturais e endógenas como reveladoras de cada espaço, e ainda, da importância das interações entre os atores sociais para o desempenho de dado território e das atividades ali presentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carina Aparecida Barbosa Mendes Chaves, UFRN

Estudante do Curso de Graduação em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC).

Valdênia Apolinário, UFRN

Profa. do Departamento de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e do Programa de Pós-Graduação em Economia (UFRN). Economista. Doutora em Engenharia de Produção pela COPPE/UFRJ e Pesquisadora Associada da RedeSist (IE/UFRJ).

Downloads

Publicado

01-04-2016

Como Citar

CHAVES, C. A. B. M.; APOLINÁRIO, V. A ABORDAGEM EM APLS E O DESENVOLVIMENTO REGIONAL/LOCAL: Reflexões sobre as Conexões deste Debate. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 3, n. 1, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/16690. Acesso em: 16 jun. 2024.