PANORAMA DA GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA ONSHORE NO PAÍS

O CASO DO RIO GRANDE DO NORTE

Autores

  • Luziene Dantas Macedo Departamento de Economia da UFRN
  • Ellitamara Alves de Oliveira Melo
  • Emerson do Nascimento Silva

DOI:

https://doi.org/10.21680/2316-5235.2023v12n1ID33716

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar um panorama sobre a geração de energia eólica on shore no país, tomando-se como base as experiências do Rio Grande do Norte (RN), localizado na região Nordeste do Brasil. A metodologia inclui uma pesquisa bibliográfica sobre o tema em questão e a coleta de dados disponíveis em fontes oficiais. A partir das informações coletadas, observa-se que não se verifica o desenvolvimento setorial da indústria eólica nos espaços onde estão sendo realizados a montagem dos parques eólicos, e este é o caso do RN, o qual, apesar de concentrar a maior capacidade fiscalizada de energia eólica em operação no país, a cadeia setorial encontra-se localizada em outros estados da região, e mesmo do país, o que implica a não endogeneização da cadeia de produção a montante e a jusante, pois a geração de emprego e renda, quando ocorre, se localiza essencialmente na etapa de implantação dos parques, oferecendo, assim, pouca capacidade de sustentar economicamente uma fonte de renda destinada a captar mão de obra local, especialmente em atividades intensivas em capital e tecnologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luziene Dantas Macedo, Departamento de Economia da UFRN

Possui Doutorado em Economia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É Professora Adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Atua principalmente nas áreas: Desenvolvimento Econômico/Regional, Economia da Energia, Planejamento Setorial e Fontes Renováveis de Energi

Downloads

Publicado

26-08-2023

Como Citar

MACEDO, L. D.; MELO, E. A. de O.; SILVA, E. do N. PANORAMA DA GERAÇÃO DE ENERGIA EÓLICA ONSHORE NO PAÍS: O CASO DO RIO GRANDE DO NORTE. Revista de Economia Regional, Urbana e do Trabalho, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 91–107, 2023. DOI: 10.21680/2316-5235.2023v12n1ID33716. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rerut/article/view/33716. Acesso em: 29 fev. 2024.