ENERGIA EÓLICA E A CRIAÇÃO DE CONFLITOS: OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS DE LAZER EM UMA COMUNIDADE NO NORDESTE DO BRASIL

  • Leilane Oliveira CHAVES Universidade Federal do Ceará
  • Christian BRANNSTROM Texas A&M University
  • Edson Vicente da SILVA Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Energia eólica, espaços de lazer, conflito.

Resumo

A região nordeste do Brasil, especialmente nas áreas costeiras, tem-se assistido a um rápido crescimento no número de parques eólicos, bem como conflitos econômicos e socioambientais envolvendo residentes de comunidades tradicionais, que muitas vezes são "invisíveis" para as elites políticas e econômicas. O presente artigo analisa como a instalação de um parque eólico nos campos de dunas na comunidade do Cumbe, município de Aracati, estado do Ceará tem interferido nas formas de convivência da comunidade com o seu território. Dessa forma o estudo colabora na ampliação de uma bibliografia nacional e internacional, tendo em vista a possibilidade de inclusão dos espaços de lazer nas discussões sobre os impactos dos projetos eólicos, além de contribuir para melhorar a visibilidade dos conflitos em territórios tradicionais brasileiros.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
08-01-2018
Como Citar
CHAVES, L. O.; BRANNSTROM, C.; SILVA, E. V. DA. ENERGIA EÓLICA E A CRIAÇÃO DE CONFLITOS: OCUPAÇÃO DOS ESPAÇOS DE LAZER EM UMA COMUNIDADE NO NORDESTE DO BRASIL. Sociedade e Território, v. 29, n. 2, p. 49-69, 8 jan. 2018.