DESENVOLVIMENTO

– UMA QUESTÃO AINDA PERTINENTE?

  • Hugo Arruda de Morais Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Cláudio Jorge Moura de Castilho Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Resumo

Este artigo indaga sobre a pertinência da questão do desenvolvimento no tempo presente da história da humanidade. Seu principal objetivo é o de recolocar a referida questão a fim de se defender o desenvolvimento na perspectiva de repensá-lo e praticá-lo de maneira diferente. A metodologia fundamentou-se, basicamente, na consulta e análise de parte das ideias pensadas acerca do desenvolvimento, bem como na construção de uma pauta visando à retomada da referida questão para a formulação de uma proposta como ponto de partida. O principal resultado desta discussão residiu na retomada do desenvolvimento na perspectiva de teoria e prática, como um processo ainda relevante para resolver a problemática social em vários territórios do mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hugo Arruda de Morais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Possui graduação em Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) (2010), Mestrado em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGEO-UFPE) (2011-2012) e é Doutor em Geografia pelo PPGEO-UFPE (2017). Realizou Estágio de Doutorado Sanduíche pelo Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE), junto à Università degli Studi di Bologna-UNIBO, na Itália. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Agrária, atuando principalmente nos seguintes temas: assentamentos rurais e movimentos sociais rurais. Membro Pesquisador do Grupo Movimentos Sociais e Espaço Urbano (MSEU), Corretor da Revista Finisterra (Revista Portuguesa de Geografia) e Membro Editoral da Revista Movimentos Sociais e Dinâmicas Espaciais (UFPE).É professor adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, campus de Natal

Publicado
27-07-2020
Como Citar
DE MORAIS, H. A.; JORGE MOURA DE CASTILHO, C. DESENVOLVIMENTO . Sociedade e Território, v. 32, n. 1, p. 152-173, 27 jul. 2020.