O SIMBÓLICO E SUAS MANIFESTAÇÕES

A TERRITORIALIDADE E A MEMÓRIA ARTICULADAS NO FILME NARRADORES DE JAVÉ

Autores

  • Leandro Oliveira de Menezes UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB
  • Simone Santos de Oliveira UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB

DOI:

https://doi.org/10.21680/2177-8396.2021v33n3ID25167

Resumo

O debate territorial está longe de ter cessado, ou de ter alcançado uma unanimidade. Novos estudos sobre as questões territoriais são publicados frequentemente, apresentando discordâncias, complementações e favorecendo a ampliação das possibilidades de entendimento sobre o território, e aproximações com outras ciências, além da geográfica. Nesse sentido, o presente artigo se propõe a analisar a articulação da territorialidade e da memória no longa-metragem Narradores de Javé.  Trata-se de uma pesquisa qualitativa e descritiva, tendo a análise fílmica como método de investigação. Concluiu-se que a dimensão simbólica dos territórios se manifesta nos contextos sociais de diferentes formas, a territorialidade e a memória são duas delas, e estão interligadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Oliveira de Menezes, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB

Professor de História e de Administração. Mestrando em Estudos Territoriais (PROET - UNEB). Especialista em Docência para o Ensino Superior e em Educação à Distância. É MBA em Gestão da Qualidade. Atua na educação básica, na rede pública municipal de Feira de Santana, e no ensino superior, na Faculdade Adventista da Bahia (FADBA).

Simone Santos de Oliveira, UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB

Professora Adjunta, Licenciada em Geografia, Dra. em Educação e Contemporaneidade, permanente do Programa de Pós-graduação em Estudos Territoriais (PROET), da Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Downloads

Publicado

18-03-2022

Como Citar

OLIVEIRA DE MENEZES, L.; SANTOS DE OLIVEIRA, S. O SIMBÓLICO E SUAS MANIFESTAÇÕES: A TERRITORIALIDADE E A MEMÓRIA ARTICULADAS NO FILME NARRADORES DE JAVÉ. Sociedade e Território, [S. l.], v. 33, n. 3, p. 42–61, 2022. DOI: 10.21680/2177-8396.2021v33n3ID25167. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/sociedadeeterritorio/article/view/25167. Acesso em: 17 ago. 2022.