JOVENS E IDOSOS NAS UNIDADES DE PRODUÇÃO FAMILIAR. IMPASSES E MOTIVAÇÕES PARA SUA PERMANÊNCIA NO CAMPO

  • Alice Yatiyo ASARI Universidade Estadual de Londrina
  • Ruth Youko TSUKAMOTO Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: jovens e idosos no campo, agricultura familiar, políticas públicas

Resumo

O campo brasileiro tem vivenciado gradativo esvaziamento desde a década de 1970, cuja população tem se dirigido para os centros urbanos e para as fronteiras agrícolas. Tendo esse fato como balizador, o artigo tem como objetivo analisar os impasses e as motivações para a permanência de jovens e idosos no campo. Tem-se como recorte espacial a microrregião geográfica de Faxinal e as unidades de produção familiar. Questões sobre a continuidade da atividade agrária por parte da juventude rural e o papel dos aposentados na fixação dos produtores são apresentadas, verificando-se ainda o papel das políticas públicas na melhoria da renda e das condições de sobrevivência desse segmento produtivo.  

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alice Yatiyo ASARI, Universidade Estadual de Londrina

Departamento de Geociências-CCE

Geografia

Ruth Youko TSUKAMOTO, Universidade Estadual de Londrina

Departamento de Geociências-CCE

Geografia

Publicado
29-09-2015
Como Citar
ASARI, A. Y.; TSUKAMOTO, R. Y. JOVENS E IDOSOS NAS UNIDADES DE PRODUÇÃO FAMILIAR. IMPASSES E MOTIVAÇÕES PARA SUA PERMANÊNCIA NO CAMPO. Sociedade e Território, v. 27, n. 2, p. 252-269, 29 set. 2015.