O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e NÃO está sendo avaliada para publicação por outra revista.
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação cega por pares foram seguidas.
  • O texto possui referências e as URLs referenciadas foram informadas quando possível.
  • O texto segue as demais normas de publicação disponíveis em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • O texto está em tamanho 12 e espaçamento 1,5 (excetuando citações diretas com mais de três linhas) e na fonte Times New Roman.
  • O texto não emprega negrito, itálico (exceto em termos oriundos de língua estrangeira) e sublinhado (exceto em endereços URL).
  • As figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos, contando com legendas logo abaixo em tamanho 10.

Diretrizes para Autores

I. DISPOSIÇÕES GERAIS

 

1. A Comissão Editorial selecionará para a composição da revista artigos científicos, poesias e resenhas críticas (musicais, literárias, de filmes e de séries) que versem sobre a temática criminológica. Poderá também decidir pela publicação de trabalhos de gênero distinto (relatos de campo, relatos pessoais, contos, entre outros) daqueles normalmente veiculados pela Revista.

2. Os trabalhos discorrerão obrigatoriamente sobre temáticas relacionadas às ciências criminais (direito penal, direito processual penal, demais ramos afins do direito, psicologia, ciências sociais, antropologia, entre outras), devendo sempre ser pautados na abordagem crítica dos temas escolhidos.

2.1. Serão publicados preferencialmente trabalhos que desenvolvam os temas dentro dos eixos de estudo relacionados às ações de extensão popular.

3. Os trabalhos submetidos devem ser inéditos, o que abrange não só a publicação, mas também o envio para avaliação em outros periódicos.

3.1. A apresentação em eventos científicos não descaracteriza o artigo como inédito, porém o autor ou autora deverá informar, OBRIGATORIAMENTE no momento da submissão, o evento, local e data em que o trabalho foi apresentado, no espaço “comentários” na página de submissão.

3.2. Em quaisquer questões não explicitamente tratadas nestas diretrizes, prevalecerá decisão emitida pela Comissão Editorial.

DA INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS

4. A submissão dos trabalhos ocorre em fluxo contínuo.

5. É possível a submissão de artigos em línguas estrangeiras (espanhol, inglês, francês, entre outras).

6. Os trabalhos deverão ser submetidos neste site, no campo específico.

7. Cada trabalho só poderá ter 01 (um) autor e 01 (um) coautor.

8. Uma mesma pessoa só poderá ter a autoria principal em 1 (um) artigo científico, contudo, essa mesma pessoa somente poderá ter coautoria em 1 (um) outro. Ela poderá ainda ter participação na autoria de 1 (uma) resenha e de 1 (uma) poesia.

9. Para a submissão de poesias e resenhas, os campos referentes às palavras-chave e resumo não serão de preenchimento obrigatório.

10. Em caso de dúvida, erro ou problema envolvendo a submissão de trabalhos, o autor poderá procurar ajuda junto a um membro da Comissão Editorial ou enviar um e-mail para <transgressoes.revista@gmail.com> ou ainda contatar a página da Revista no Facebook <facebook.com/transgressoesrevista>.

11. Os arquivos devem ser enviados em formato .doc ou .docx (do Microsoft Word). Reitera-se que no corpo do texto NÃO deverá constar o nome ou qualquer outro dado que identifique a autoria do trabalho. Em caso de aprovação do trabalho, as informações de autoria serão inseridas pelo Conselho Editorial.

12. O trabalho também não poderá conter identificação de autoria nas propriedades do arquivo (no Word 2003, verificar no menu ‘Arquivo’, opção ‘Propriedades’; no Word 2007, verificar no ‘Botão Office’, opção ‘Preparar’, opção ‘Propriedades’; no Word 2010, verificar no menu ‘Arquivo’, opção ‘Informações’, aba ‘Propriedades’, lado direito em ‘Pessoas Relacionadas’), garantindo desta forma o critério de sigilo e imparcialidade da seleção.

DOS DIREITOS AUTORAIS

13. Ao enviar seu trabalho, o autor ou a autora automaticamente abre mão de seus direitos autorais patrimoniais sobre aquele em prol da “Revista Transgressões: ciências criminais em debate”, que poderá publicá-lo em qualquer meio.

14. Os direitos autorais dos trabalhos não publicados serão devolvidos ao autor ou à autora caso o trabalho não seja selecionado pelo periódico.

DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS AVALIATIVOS

15. O processo seletivo consistirá nas etapas de seleção formal e material, respectivamente.

16. O processo de seleção formal tratará de analisar se o trabalho tem relação com a temática criminal e se houve obediência da formatação do trabalho às regras técnicas de publicação e ao Guia de Normas. Após uma primeira correção feita pelo Conselho Editorial, o artigo com observações será redirecionado ao autor, para que atente às modificações sugeridas na correção. Feito isso, o autor deverá reenviar o artigo corrigido para a Revista, que verificará a necessidade de nova correção. Todo o processo de correção se dará através do e-mail <transgressoes.revista@gmail.com>.

17. Finalizada a correção formal, inicia-se a correção material. Esta se dará por meio de duas avaliações individuais por dois dos professores que compõem o Conselho Científico da Revista. Estas avaliações levam em conta a relevância do assunto tratado para a sociedade, a clareza na apresentação da problemática, a criticidade referente à discussão teórica, a adequabilidade dos métodos de pesquisa aos propósitos do estudo, a organização do texto, a correta ortografia, a contribuição das conclusões ao conhecimento da área, e riqueza bibliográfica.

18.Na avaliação material de poesias, é considerada apenas a pertinência temática do material lúdico.

19. Na avaliação material de resenhas, é considera a pertinência temática da obra e a qualidade do trabalhos.

20. Os avaliadores serão membros do Conselho Editorial Científico ou pareceristas ad hoc nomeados pelo Editor Chefe.

21. A constatação de plágio ou de qualquer outro ato academicamente ímprobo ocasionará a imediata exclusão do trabalho do processo seletivo, sem prejuízo dos efeitos jurídicos previstos em lei.

22. Após a divulgação do resultado final da seleção, caberá num prazo de cinco dias a contar por data informada pela comissão editorial, àqueles que tiverem seus trabalhos reprovados, a interposição de recurso. Este deverá ser interposto via e-mail endereçado à <transgressoes.revista@gmail.com>.

23. O resultado das seleções será enviado aos candidatos por e-mail, bem como será publicado nas mídias sociais onde este edital será divulgado.

 

II. DA FORMATAÇÃO DOS TRABALHOS

 

1. Os trabalhos deverão estar formatados segundo as normas específicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

1.1. Os artigos terão no mínimo 12 e no máximo 20 laudas, inclusas as referências bibliográficas e os anexos, em folhas de tamanho A4;

1.2. As resenhas deverão ter no mínimo 8 e no máximo 15 laudas;

1.3. As poesias não possuem limite máximo de laudas, com a devida ponderação por parte do autor ou da autora;

2. O artigo deverá conter necessariamente um resumo na língua do trabalho e outro em língua estrangeira, com suas respectivas palavras-chave.

3. O artigo deverá seguir a seguinte ordem: título; 1 linha; resumo; 1 linha; palavras-chave; 1 linha; epígrafe (apenas esta é opcional); 2 linhas; corpo do texto (1 linha entre o tópico e o texto, e 2 linhas entre o texto e o próximo tópico); referências; 2 linhas; título em língua estrangeira; 1 linha; resumo em língua estrangeira; 1 linha; palavras-chave em língua estrangeira.

3.1. O título deverá ser escrito em caixa alta e negrito, com a fonte Times New Roman, tamanho 12 (doze), estar com alinhamento justificado, espaçamento entrelinhas 1,5 linhas e conter no máximo 20 (vinte) palavras;

3.2. O resumo texto deve conter no entre 50 e 150 palavras, estar com alinhamento justificado, espaçamento entrelinhas simples, observado o recuo esquerdo de 4,0 cm. Deve ser precedido pela palavra ‘resumo’ escrita em caixa alta e em negrito;

3.3. As palavras-chave devem ser conter de 3 a 5 palavras, ou expressões curtas seguidas de ponto, com espaçamento entrelinhas simples, recuo esquerdo de 4,0 cm, alinhamento justificado;

3.4. A epígrafe é facultativa e deve ser destacada em itálico, alinhada à direita, com espaçamento entrelinhas simples, recuo esquerdo de 4,0 cm e sucedida pelo nome do autor, se houver, entre parêntesis;

3.5. No corpo do texto do artigo deve haver o espaçamento de 1 linha entre o título da seção primária, ou secundária, e o seu respetivo texto; entre a seção primária e secundária; e entre as seções secundárias. O espaçamento de 2 linhas deve ocorrer entre uma seção secundária e primária; e entre as seções primárias;

3.6. As referências devem estar dispostas em ordem alfabética, ter alinhamento esquerdo, espaçamento entrelinhas simples e espaçamento de 1 linha entre cada referência.

4. As resenhas, por sua vez, deverão ser organizadas na seguinte estrutura: referência da obra analisada; apresentação do autor/diretor, perspectiva teórica da obra; breve síntese da obra; principais teses desenvolvidas e reflexão crítica; e referências bibliográficas.

4.1. A referência da obra analisada deverá estar de acordo com as normas vigentes da ABNT;

4.2. No corpo do texto da resenha deve haver o espaçamento de 1 linha entre o título da seção primária, ou secundária, e o seu respetivo texto; entre a seção primária e secundária; e entre as seções secundárias. O espaçamento de 2 linhas deve ocorrer entre uma seção secundária e primária; e entre as seções primárias;

4.3. As referências devem estar dispostas em ordem alfabética, ter alinhamento esquerdo, espaçamento entrelinhas simples e espaçamento de 1 linha entre cada referência.

5. O texto do artigo e da resenha deverá ser redigido em fonte Times New Roman, tamanho 12, exceto para citações longas e notas de rodapé que deverão ter tamanho 10; alinhamento justificado, espaçamento entrelinhas 1,5 no corpo do texto e simples no resumo em língua vernácula e estrangeira, em citações que excedam três linhas e em notas de rodapé; espaçamento entre parágrafos, antes e depois, 0 pt; margens superior e esquerda de 3 cm e inferior e direita de 2 cm. A primeira linha de cada parágrafo deve obedecer ao recuo de 1,5 cm. As Notas de Rodapé deverão ser sucintas e enumeradas ao longo do texto, conforme as regras da ABNT.

6. Para as citações diretas e indiretas ao longo do texto deve ser utilizado o formato como segue: (SILVA; SANTOS, 2009, p. 201). No caso das citações que excedam 3 linhas, o tamanho da fonte será reduzido para 10, com espaçamento entrelinhas simples e recuo esquerdo de 4cm. No final do texto, deverão constar as referências bibliográficas completas.

7. Para os destaques deve-se utilizar apenas as “aspas”, sendo vedado negrito, itálico e sublinhado.

7.1. O itálico deve ser utilizado SOMENTE em expressões ou palavras oriundas de línguas que não sejam aquela utilizado pelo trabalho e na epígrafe.

8. Nos casos de formatação em que estas diretrizes sejam omissas, deve-se aplicar as regras da ABNT vigentes.

09. As poesias terão forma livre, tendo como únicos requisitos a pertinência temática com o enfoque da revista e a ponderação no número de laudas.

Modelo de artigo                                         Modelo de resenha                                                   Modelo de poesia

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

 Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.