Intersexualidade, bioantropologia/bioarqueologia e poder: uma narrativa biográfica amazônica

Autores

Resumo

Partindo da narrativa biográfica de uma estudante de Santarém, no estado do Pará, Brasil, da literatura bioantropológica e bioarqueológica sobre dimorfismo sexual e da perspectiva queers, ponderaremos sobre as articulações transitivas dos sistemas de representações sobre a sexualidade no interior da Amazônia e as maneiras peculiares como sexualidade, corporalidade, cientificidade e política se relacionam na base desses sistemas de representações. Trata-se de trazer subsídios para o incremento das reflexões sobre as experiências da diversidade sexual e de gênero no âmbito da Bioantropologia e da Bioarqueologia, numa perspectiva crítica e reflexiva. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Gontijo, Universidade Federal do Pará

Professor de Antropologia, UFPA

Doutor em Antropologia, EHESS-França

Bolsista de Produtividade em Pesquisa, CNPq

Downloads

Publicado

10-09-2018

Como Citar

GONTIJO, F. Intersexualidade, bioantropologia/bioarqueologia e poder: uma narrativa biográfica amazônica. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, [S. l.], v. 12, n. 18, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/14403. Acesso em: 7 fev. 2023.