Heterossexualidade compulsória e existência lésbica

  • Adrienne Rich

Resumo

Em clássico artigo feminista, a autora propõe a idéia da heterossexualidade como uma instituição  política  que retira  o  poder  das mulheres.  Ela  desafia  o  apagamento  da existência lésbica no pensamento feminista bem como no  entendimento geral das relações de gênero na sociedade. O artigo trata da identificação entre mulheres em termos de uma agência politicamente motivada. Critica a ideologia que supervaloriza a heterocentricidade,  mesmo entre feministas. De acordo com sua crítica, Rich coloca-se a favor de um continuum lésbico, que abarcaria um grande escopo de variedades de experiências  de  identificação  entre  mulheres.  A  existência  lésbica  deveria  ser reconhecida historicamente e empodera as vidas de todas as mulheres. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-11-2012
Como Citar
RICH, A. Heterossexualidade compulsória e existência lésbica. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 4, n. 05, 27 nov. 2012.