Judy Garland, um Ícone Gay

uma análise às suas canções e danças

  • Miguel Moreira Universidade de Coimbra

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de mostrar como determinadas canções interpretadas pela atriz Judy Garland e algumas das danças por ela executadas em alguns dos seus filmes podem contribuir para o seu famoso estatuto de ícone gay.

Em termos metodológicos, a concretização deste trabalho partiu da leitura de teorias enquadradas essencialmente nos Queer e Star Studies, bem como do visionamento de alguns dos filmes de Garland. Em suma, este artigo visa aprofundar o conhecimento científico à volta da atriz enquanto ícone gay.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
21-08-2019
Como Citar
MOREIRA, M. Judy Garland, um Ícone Gay. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 13, n. 20, 21 ago. 2019.