PROBLEMATIZAÇÕES SOBRE MASCULINIDADES QUEER EM UMA EDIÇÃO DE CORRIDA DE RUA

Resumo


Objetivamos relatar e analisar a vivência de um corpo masculino queer durante uma edição de corrida de rua, sobre a ótica pós-estruturalista. Norteamo-nos pela seguinte questão: de que forma o discurso sobre o uso do corpo e das práticas corporais se sobressai nesta modalidade esportiva? Nosso estudo se justifica por contribuir cientificamente com os estudos referentes à temática e estimular este tipo de intervenção ao promover reflexões que subvertam as convenções de gênero e sexualidades no Esporte e práticas físicas. Utilizamos uma abordagem qualitativa e o método de experimentação de campo. Evidenciamos que a corrida de rua, mesmo não demarcando categorias de gênero, reforçam as normas sociais heteronormativas, policiando as masculinidades queer e criticando sua performatividade pública nas esferas analisadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Marques Garcia, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorando em Educação Física na UFRJ e participante do Grupo de Estudos em Corpo, Esporte e Sociedade, o GECOS e do Laboratório de Estudos Corpo, Esporte e Sociedade, o LAbCOESO, devidamente cadastrado pelo DGP do CNPq.

Alan Camargo Silva, UFRJ

Doutor em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atualmente é Pesquisador do Núcleo de Estudos Sociocorporais e Pedagógicos em Educação Física e Esportes, Professor contratado do curso de Pós-graduação Lato sensu em Desporto de Campo e de Quadra, Professor externo do curso de Pós-graduação Stricto sensu em Educação Física e realiza Estágio de Pós-Doutorado na Escola de Educação Física e Desportos na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Membro do Comitê Científico do Grupo de Trabalho Temático Corpo e Cultura do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte.

Erik Giuseppe Barbosa Pereira, UFRJ

Doutor em Ciências do Exercício e do Esporte (UERJ-2015). Professor efetivo da UFRJ, onde é líder do Grupo de Estudos em Corpo, Esporte e Sociedade, o GECOS e do Laboratório de Estudos Corpo, Esporte e Sociedade, o LAbCOESO. Atuação e interesse estão relacionadas aos aspectos culturais, históricos e sociais das práticas corporais e culturais em seus diversos ambientes de intervenção.

Publicado
12-11-2020
Como Citar
MARQUES GARCIA, R.; CAMARGO SILVA, A.; GIUSEPPE BARBOSA PEREIRA, E. PROBLEMATIZAÇÕES SOBRE MASCULINIDADES QUEER EM UMA EDIÇÃO DE CORRIDA DE RUA. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 13, n. 21, 12 nov. 2020.