Sexo e poder na Roma Antiga: o homoerotismo nas obras de Marcial e Juvenal

Autores

  • Paulo César Possamai

Resumo

As obras de Marcial e Juvenal são esclarecedoras sobre os usos e costumes da sociedade romana durante o Alto Império. O objetivo deste artigo ao estudá-las é mostrar o quanto o sexo era visto como uma forma de poder na Roma Antiga. Para tanto, concentra-se nas referências ao homoerotismo, pois nele pode-se observar  o quanto  o  sexo  entre homens  estava imbuído da perspectiva do poder, ao confrontar a aceitação do parceiro ativo com a ridicularização do parceiro  passivo,  identificado  à  mulher,  gênero  que  se  entendia  como naturalmente subordinado ao homem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-11-2012

Como Citar

POSSAMAI, P. C. Sexo e poder na Roma Antiga: o homoerotismo nas obras de Marcial e Juvenal. Bagoas - Estudos gays: gêneros e sexualidades, [S. l.], v. 4, n. 05, 2012. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/2313. Acesso em: 20 maio. 2024.