BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO EM UMA MULTINACIONAL

Autores

  • Jadir P. Dos Santos Universidade Nove de Julho
  • Iris bento da Silva Universidade Nove de Julho
  • Samuel Ribeiro Tavares Universidade Federal do ABC
  • Alex Paubel Junger Universidade Federal do ABC

Palavras-chave:

Competitividade, processos, Práticas de gestão, qualidade

Resumo

A proposta deste trabalho é uma contribuição pertinente a respeito do reconhecimento de alguns tipos de práticas de gestão em uma multinacional com 291 fábricas instaladas em 37 países, sendo 10 unidades no Brasil, que servirá de base ou alavanca para iniciar a estruturação de uma sistemática de melhoria contínua. Para constatar essas contribuições foi realizada uma avaliação da relevância do tema, revisão da literatura com pesquisa descritiva-exploratória de natureza qualitativa por meio do método de estudo caso com entrevista estruturada. Observou-se que devido às constantes mudanças, as empresas procuram simplificar os processos buscando atividades, eliminando processos que dificultam a produção. Nesse trabalho apresenta-se as seguintes ferramentas de melhorias operacionais: sistema Competence Management; Investimento em treinamento e conscientização; Objetivos adequados ao seu negócio e alinhamento de sua política da qualidade; metodologia TPM e desenvolvimento de políticas de segurança; sistema Lean; metodologia dos 6 Sigmas; Mindset da qualidade; sistemática BIC-Q (Best In Class), etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Qualitative Research for Education: an Introduction to Theory and Methods.

Boston: Allyn and Bacon, 1992.

CARPINETTI, L. C. R. Proposta de um modelo conceitual para o desdobramento de melhorias estratégicas.

Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v.7, n.1, p. 29-42, abr. 2000

CASTRO, C.D.M.; BEZERRA.D.K.; GAMBI, L.N.; EUGENIO, S. H. Impactos da aplicação dos conceitos e ferramentas da produção enxuta na busca por uma produção mais limpa: um estudo de caso numa indústria de bens de capital. EMEPRO. MG, 2010.

CERVO, A.L.; BERVIAN, P. A.; DA SILVA, R. Metodologia científica. 6a ed. São Paulo: Person Prentice Hall, 2007.

DAVIS, M. M.; AQUILANO N. J.; CHASE R.B. Fundamentos da administração da produção. 3ª Ed.- Porto Alegre: Artmed Editora S.A., 2001.

FACHIN, ODILIA. Fundamentos de metodologia. 5. Ed. [rev.]. São Paulo: Saraiva, 2006.

GONÇALVES, J. E. L. Processo, que processo? Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v.40, n.4,

p. 8-19, 2000b <http://www.merriam-webster.com/dictionary/search>. Acesso em 28/03/2012.

GRUBTS, S.; NORIEGA, J. A. V. Método qualitativo: epistemologia, complementariedades e campo de aplicação. São Paulo: Vetor, 2004.

MARCONI, M. A., LAKATOS, M. E. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisa, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, analise e interpretação de dados. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MARTINS, G. A.; LINTZ, A. Guia para elaboração de monografia de trabalhos de conclusão de cursos. 2 ed. 3a reimpr. São Paulo: Atlas, 2010.

McCRACKEN, G. The Long Interview. 5th print. Newbury Park: Sage, 1991.

MESQUITA, M., ALIPRANDINI, D. H. Competências essenciais para melhoria continua da produção: estudo de caso em empresas da Indústria de autopeças. Revista Gestão & Produção, v.10, n.1, p. 17-23, abr.2003.

PARDINI, D.; MATUCK, P. J. P. Mudanças nas práticas organizacionais com a implementação do programa de gerenciamento da cadeia de suprimentos (GCS) em uma multinacional do setor siderúrgico. Journal of information systems and technology management: JISTEM 9.1, Jan-Abr 2012, p. 147-170.

SANTOS, J. P. Uma contribuição para a excelência em gestão da qualidade na indústria metal mecânica: estudo de múltiplos casos e survey. f.208. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecânica. Campinas, 2010.

SEIDMAN, I. E. Interviewing as Qualitative Research. A Guide for Researchers in Education and the Social Sciences. New York: Teachers College/Columbia University Press, 1991.

Downloads

Publicado

01-04-2016

Como Citar

SANTOS, J. P. D. .; SILVA, I. bento da .; TAVARES, S. R. .; JUNGER, A. P. . BOAS PRÁTICAS DE GESTÃO EM UMA MULTINACIONAL. Revista de Casos e Consultoria, [S. l.], v. 7, n. 2, p. e721, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/casoseconsultoria/article/view/22668. Acesso em: 23 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos