FREVO NA ESCOLA: UMA PESQUISA DE CORPO E DANÇA-EDUCAÇÃO

Autores

  • Lyane Cavalcante UFPE

DOI:

https://doi.org/10.21680/2595-4024.2019v2n1ID18402

Resumo

Esse artigo tem como objetivo pesquisar e refletir sobre a prática das danças brasileiras, como o Frevo, nas escolas de Pernambuco, mais especificamente nas escolas públicas de Jaboatão dos Guararapes, enfocando os processos de ensino-aprendizagem, coreografia, reconhecimento social, ancestralidade, consciência corporal, ritmo e afetividade em que as aulas de dança proporcionam aos alunos da educação básica. A pesquisa descreve as experiências vividas em sala de aula, utilizando metodologias que envolvem a educação somática, com técnicas de Feldenkrais e a espontaneidade do Frevo, com técnicas do mestre Nascimento do Passo. Esses procedimentos são considerados construtores das práticas pedagógicas, coreográficas e tradicionais em que a dança está inserida, junto ao reconhecimento das dimensões corporais e espirituais do aluno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

18-08-2019

Como Citar

CAVALCANTE, L. FREVO NA ESCOLA: UMA PESQUISA DE CORPO E DANÇA-EDUCAÇÃO. Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 13, 2019. DOI: 10.21680/2595-4024.2019v2n1ID18402. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/manzua/article/view/18402. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Travessias em pesquisa/ Crossings in research