Microperformances e experiências estelares:

o vivido no relembrado

Autores

  • Zeca Ligiéro unirio

DOI:

https://doi.org/10.21680/2595-4024.2019v2n3ID19133

Resumo

Microperformances e experiências estelares: o vivido no relembrado - A partir da sua história pessoal, o autor analisa o impacto das mais distintas performances que o atravessaram desde a tenra idade vivida no interior do norte fluminense. Algumas se transformaram em lembranças fragmentadas, as quais ele nominou como “microperfomances”; outras, às quais foi exposto e que o marcaram profundamente ao longo do seu trabalho criativo ele as conceituou como “experiências estelares”. A partir destas duas definições é proposto um entendimento sobre a importância das performances culturais na percepção sobre tradições, suas hermenêuticas e suas reais contribuições ao desenvolvimento das performances artísticas. Como contraponto ao vivido e ao relembrado, o autor aponta o pensamento hegemônico incutido na memória social do brasileiro. o qual denomina como “recursos coloniais hospedeiros”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-03-2020

Como Citar

LIGIÉRO, Z. Microperformances e experiências estelares:: o vivido no relembrado. Manzuá: Revista de Pesquisa em Artes Cênicas, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 04–37, 2020. DOI: 10.21680/2595-4024.2019v2n3ID19133. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/manzua/article/view/19133. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos/Articles