A etnicidade encoberta: 'índios' e 'negros' no Rio Grande do Norte

  • Julie A. Cavignac
Palavras-chave: Identidade, Historiografia, Antropologia

Resumo


Nos estudos sobre o Rio Grande do Norte, as referências às identidades diferenciais sáo discretas: os 'índios' e os 'negros' foram relegados ao segundo plano pelos historiadores e a questáo náo foi investigada sistematicamente pelos antropólogos apesar da multiplicidade das atuações - as populações indígenas aldeadas nas missões do litoral ou, no sertáo, resistindo à pressáo da sociedade colonial, o etnocidio, as deportações, o apagamento dos registros oficiais, os diferentes estatutos dos escravos, as comunidades quilombolas, as estratégias de sobrevivência, etc. Nas representações nativas do passado, percebemos também um apagamento dos principais atores da história colonial. Para entender essas ausências visíveis tanto na produçáo acadêmica quanto nas representações coletivas, propomos uma reflexáo crítica da literatura, associada a uma revisáo da  história indígena e do passado escravocrata do Rio Grande do Norte, levando em conta o fato que pouco se sabe da realidade sócio-cultural em que as populações se encontraram ao longo dos séculos, pois foram englobadas em categorias genéricas, elaboradas historicamente. Através deste esforço de síntese visando a reunir as informações sobre as populações marginalizadas social e ideologicamente, pretendemos também abrir pistas de investigações a serem trilhadas por antropólogos e  historiadores. 


Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-06-2010
Como Citar
CAVIGNAC, J. A. A etnicidade encoberta: ’índios’ e ’negros’ no Rio Grande do Norte. Mneme - Revista de Humanidades, v. 4, n. 08, 30 jun. 2010.
Seção
Artigos