DISCUROS E PRÁTICAS FEMINISTAS NA PARAÍBA NO INÍCIO DO SÉCULO XX: ENTRE O ADEQUADO E O ACEITÁVEL

ENTRE APROPIADO Y ACEPTABLE

Autores

  • Simone da Silva Costa UFRN

Resumo

O texto que segue, tem como finalidade, analisar as expressões feministas na Paraíba no início do século XX, no sentido de compreender os discursos que orientavam suas práticas, diante das estratégias ameaçadoras usadas pela Igreja Católica. Analisar o contexto histórico que marcou a fundação da Associação Paraibana pelo Progresso Feminino, seus propósitos feministas, a partir da rede de sociabilidade entre as feministas paraibanas que dirigiam a Associação Paraibana pelo Progresso Feminino e a principal líder feminista brasileira, Bertha Lutz. Teoricamente, seguimos pela perspectiva da História das Mulheres e Relações de Gênero, Soihet (1997, 2006, 2013), dialogando com a História Cultural, Chartier (1990 e 1995). Analisamos discursos presentes no jornal A Imprensa, jornal A União, e as correspondências da Associação Paraibana pelo Progresso Feminino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone da Silva Costa, UFRN

Doutora em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2015), Mestre em História pela Universidade Federal da Paraíba (2007) e Graduada em História pela Universidade Federal da Paraíba (2001). É professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Downloads

Publicado

02-02-2024

Como Citar

DA SILVA COSTA, S. DISCUROS E PRÁTICAS FEMINISTAS NA PARAÍBA NO INÍCIO DO SÉCULO XX: ENTRE O ADEQUADO E O ACEITÁVEL: ENTRE APROPIADO Y ACEPTABLE. Mneme - Revista de Humanidades, [S. l.], v. 24, n. 47, 2024. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/34783. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos