Querido Vingt-un Deus o abençoi: cartas enviadas por Isaura Rosado Maia a Jerônimo Vingt-un Rosado Maia

  • Paula Rejane Fernandes Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Cartas. Escrita de si. Isaura Rosado Maia. Jerônimo Vingt-un Rosado Maia.

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar a escrita de si de Jerônimo Vingt-un Rosado Maia por meio de sua correspondência passiva, mais precisamente, as cartas enviadas por sua mãe Isaura Rosado Maia. Por meio delas é possível ler sobre os anseios, angústias e dúvidas sobre o futuro vivenciadas por Vingt-un antes dele construir para si a representação de que era um intelectual a serviço de Mossoró. Para tanto, dialogamos com autores Artières (1998), Bourdieu (1996) e Chartier (1990).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
03-02-2016
Como Citar
FERNANDES, P. R. Querido Vingt-un Deus o abençoi: cartas enviadas por Isaura Rosado Maia a Jerônimo Vingt-un Rosado Maia. Mneme - Revista de Humanidades, v. 16, n. 37, p. 182-198, 3 fev. 2016.