As Sagradas Escrituras: imaginação e acontecimento - um comentário sobre a hermenêutica bí­blica de Paul Ricoeur

Autores

  • Aline Magalhães Pinto

Palavras-chave:

Hermenêutica bí­blica, Paul Ricoeur, Linguagem, Imaginação, Acontecimento

Resumo

Tendo como inspiraçáo e ponto de partida um instigante ensaio do romanista alemáo Erich Auerbach, intitulado “A cicatriz de Ulisses”, apresenta-se um pequeno comentário a respeito da hermenêutica bíblica de Paul Ricoeur. Esta análise, focando-se na parábola, procura discutir as maneiras pelas quais o autor francês, bastante conhecido por Tempo e narrativa, deixa à luz, em suas leituras das Sagradas Escrituras, reflexões acerca dos textos bíblicos como traços constitutivos do mundo ocidental.  O modo parabólico de discurso se define, de acordo com Paul Ricoeur, pela conjunçáo de uma narrativa e de um processo metafórico. O efeito dessa conjunçáo provoca uma extravagância que orienta desorientando, ou seja, ensina a “verdade” da fé de uma maneira paradoxal. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

12-07-2011

Como Citar

PINTO, A. M. As Sagradas Escrituras: imaginação e acontecimento - um comentário sobre a hermenêutica bí­blica de Paul Ricoeur. Mneme - Revista de Humanidades, [S. l.], v. 12, n. 29, 2011. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/mneme/article/view/982. Acesso em: 30 maio. 2024.