QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA AO PARTO E PÓS-PARTO NA PERCEPÇÃO DE USUÁRIAS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

  • Magda Jaqueline Santos da Silva
  • Tamires de Sales da Silva
  • Dandara Rayssa Silva de Souza
  • Ana Mayara Gomes de Souza
  • Tainara Lôrena dos Santos Ferreira Universidade Federal do Rio Grande do Norte / Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi
  • Fábia Barbosa de Andrade

Resumo


Introdução: considerando a importância do momento do parto/nascimento, espera-se que este processo seja realizado de forma adequada, tendo à disposição uma assistência de qualidade, de modo que a mulher tenha seus direitos garantidos. Objetivo: caracterizar e avaliar a qualidade da assistência prestada no parto e pós-parto, a partir da visão de mães, usuárias dos serviços de Atenção Primária à Saúde, com enfoque nos aspectos relativos à humanização. Metodologia: trata-se de uma pesquisa quantitativa o tipo exploratória e descritiva, com abordagem avaliativa, realizada na cidade de Santa Cruz no estado do Rio Grande do Norte.  A coleta de dados se deu no período de novembro de 2012 a fevereiro de 2013, onde foram entrevistadas 200 mulheres. Resultados: 60,5% tiveram parto vaginal; 66,5% tiveram um acompanhante de sua escolha durante o parto; 90,0% das mães afirmaram ter ficado com seus filhos no quarto após o parto; 60,5% avaliaram a qualidade do atendimento no parto como bom; 54,5% buscaram o serviço de saúde na primeira semana após o nascimento. Conclusão: Conclui-se, que a assistência prestada à mulher no parto e pós-parto foi satisfatória do ponto de vista da maioria das entrevistadas no presente estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
25-02-2020
Como Citar
SILVA, M. J. S. DA; SILVA, T. DE S. DA; SOUZA, D. R. S. DE; SOUZA, A. M. G. DE; FERREIRA, T. L. DOS S.; ANDRADE, F. B. DE. QUALIDADE DA ASSISTÊNCIA AO PARTO E PÓS-PARTO NA PERCEPÇÃO DE USUÁRIAS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE. Revista Ciência Plural, v. 6, n. 1, p. 1-17, 25 fev. 2020.