MODELO LÓGICO-TEÓRICO COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO PARA MELHORIA DA COBERTURA VACINAL INFANTIL NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2446-7286.2023v9n3ID29226

Resumo

Introdução: A vacinação tem se apresentado como uma importante estratégia de proteção à saúde da população. A redução da cobertura vacinal é um alerta para o retorno de doenças  imunopreveníveis que já haviam sido erradicadas. Objetivo: Analisar a cobertura da imunização de crianças menores de 2 anos no Rio Grande do Norte entre os anos de 2018 e 2021 para fins de construção de  planejamento pautado no  modelo teórico-lógico. Metodologia: Trata-se de um estudo do tipo ecológico, retrospectivo, acerca da cobertura vacinal no Rio Grande do Norte. Os dados foram coletados a partir do Departamento de Informática do Sistema Único  de  Saúde  (DATASUS),  por  meio  das  Informações  em  Saúde  (TABNET). Para coleta dos dados, elegeu-se como variáveis o ano para compor a linha da tabela a ser gerada pelo sistema, o  imunobiológico  para  compor  a  coluna  e,  como  medida,  foi selecionada a cobertura vacinal. O período analisado foi de 2018 a 2021. Resultados:  A realidade vacinal dos últimos dois anos no Brasil e no RN acompanha o cenário internacional, durante a pandemia 2020/2021 os dados de cobertura vacinal no RN  se apresentaram piores, quando comparados aos anos de 2018/2019. O modelo lógico teórico apresentado neste estudo busca contribuir para a melhoria do planejamento e das ações do programa estadual de imunização.Conclusão: Este estudo se mostrou relevante para direcionar as estratégias da Secretaria de Saúde Pública do RN, pois corrobora com a literatura, apresenta o problema na cobertura vacinal do RN nos últimos anos, e propõe como ferramenta para melhorar essa taxa, o modelo teórico-lógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ísis de Siqueira Silva, UFRN

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPSCOL/UFRN)

Monique Léia Aragão de Lira , UFRN

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPSCOL/UFRN)

Ana Elisa Barboza de Souza, UFRN

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPSCOL/UFRN)

Elisângela Franco de Oliveira Cavalcante , UFRN

Enfermeira. Doutora em enfermagem. Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora permanente do Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação do Programa de Pós-graduação em Saúde e Sociedade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Fábia Barbosa de Andrade , UFRN

Enfermeira ● Professora do Departamento de Enfermagem e do (PPSCOL/UFRN) ●Doutora em Ciências da Saúde pela UFRN

Downloads

Publicado

26-12-2023

Como Citar

SILVA, Ísis de S. .; LIRA , M. L. A. de .; SOUZA, A. E. B. de . .; CAVALCANTE , E. F. de O. .; ANDRADE , F. B. de . MODELO LÓGICO-TEÓRICO COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO PARA MELHORIA DA COBERTURA VACINAL INFANTIL NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL. Revista Ciência Plural, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 1–20, 2023. DOI: 10.21680/2446-7286.2023v9n3ID29226. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/29226. Acesso em: 14 abr. 2024.