PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTALIDADE POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS DE 0 A 4 ANOS DE 2015 A 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21680/2446-7286.2023v9n3ID31402

Resumo

Introdução: A maioria das doenças respiratórias se enquadram no grupo de causas evitáveis e, dessa forma, taxas elevadas de mortalidade em crianças são reflexo das condições de desenvolvimento socioeconômico, além de mensurar o acesso e qualidade dos serviços de saúde. Objetivo: Avaliar a mortalidade por doenças respiratórias em crianças menores de 0 a 4 anos de idade no Brasil, no período de 2015 a 2020. Metodologia: Trata-se de um estudo ecológico de série temporal, retrospectivo, de abordagem quantitativa, com ênfase nas cinco doenças respiratórias mais evidentes em crianças de até 4 anos no Brasil, entre os anos de 2015 a 2020. Realizou-se coleta de dados pelo DATASUS, sendo utilizado o software Microsoft Excel© para subsidiar as etapas de processamento e análise. Resultados: A análise mostra a pneumonia como a principal causa de morte no país e, a partir da análise regional, a Região Norte possui taxas que excedem as demais regiões dentro do período observado. A mesma tendência é observada na análise das demais infecções respiratórias, porém é importante ressaltar o declínio da mortalidade em todas as variáveis e regiões observadas em 2020. Conclusões: Conclui-se que as maiores taxas de mortalidade entre crianças no Brasil ratificam a premissa de que as afecções respiratórias são diretamente proporcionais à vulnerabilidade socioeconômica, enquanto a cobertura vacinal e a disponibilidade de leitos contribuem na redução dos indicadores. Não obstante, em 2020 evidenciou-se queda abrupta decorrente das medidas preventivas do coronavírus e, a partir da menor procura por atendimento, maior probabilidade de subnotificação dos casos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Dantas de Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Estudante de Enfermagem. Departamento de Enfermagem. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

Thiffany Nayara Bento de Morais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Estudante de Enfermagem. Departamento de Enfermagem. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. 

Roberta Leticia Pimentel da Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Estudante de Enfermagem. Departamento de Enfermagem. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

Karina de Oliveira Regis, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Estudante de Enfermagem. Departamento de Enfermagem. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil.

Fábia Barbosa de Andrade , Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Doutora em Ciências da Saúde. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. 

Downloads

Publicado

26-12-2023

Como Citar

ARAÚJO, L. D. de; MORAIS, T. N. B. de .; COSTA, R. L. P. da .; REGIS, K. de O. .; ANDRADE , F. B. de . PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTALIDADE POR DOENÇAS RESPIRATÓRIAS EM CRIANÇAS DE 0 A 4 ANOS DE 2015 A 2020. Revista Ciência Plural, [S. l.], v. 9, n. 3, p. 1–13, 2023. DOI: 10.21680/2446-7286.2023v9n3ID31402. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/rcp/article/view/31402. Acesso em: 14 abr. 2024.