AS ARBOVIROSES E O SANEAMENTO BÁSICO

UMA ANÁLISE DOS CASOS DE DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZYCA EM NATAL/RN

  • Rafael Aguiar da Silva UFRN
  • Jane Roberta de Assis Barbosa UFRN

Resumo

Este artigo aborda a relação que se estabelece entre a presença ou ausência de saneamento básico e a ocorrência de arboviroses na cidade de Natal/RN. O estudo observou o número de casos registrados e a sua relação com as variáveis Cobertura de Esgotamento Sanitário, Resíduos Sólidos e Renda nas regiões administrativas. A coleta de dados secundários em órgãos nacionais, estaduais e municipais que lidam com a temática pesquisada, apoiada na produção de mapas temáticos, demonstrou que o maior número de casos de arboviroses ocorre nas Regiões Administrativas Norte e Oeste de Natal, onde, paralelamente há uma precária oferta de esgotamento sanitário. Nessas Regiões, verifica-se o acúmulo expressivo de resíduos sólidos e a menor renda mensal por pessoa, considerando as quatro regiões administrativas de Natal.

Palavras-chave: Saneamento Básico; Arboviroses; Gestão do Território; Natal/RN.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Aguiar da Silva, UFRN

Mestrando do Programa de Pós-Gradução do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Jane Roberta de Assis Barbosa, UFRN

Professora do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Publicado
27-07-2020
Como Citar
AGUIAR DA SILVA, R.; DE ASSIS BARBOSA, J. R. AS ARBOVIROSES E O SANEAMENTO BÁSICO. Sociedade e Território, v. 32, n. 1, p. 9-29, 27 jul. 2020.