OS MOVIMENTOS SOCIOTERRITORIAIS MAIS ATUANTES EM OCUPAÇÕES DE TERRAS E FAMÍLIAS PARTICIPANTES NO BRASIL – 2000-2012

  • Lara Cardoso DALPERIO Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Faculdade de Ciências e Tecnologia, campus de Presidente Prudente - São Paulo http://orcid.org/0000-0002-9741-6883
Palavras-chave: Movimentos Socioterritoriais, Ocupações de Terras, Famílias em Ocupações.

Resumo

A ocupação de terra é uma das formas de atuação dos movimentos camponeses e indígenas no Brasil. A esses movimentos, denominamos movimentos socioterritoriais, pois tem o território como condição essencial para sua existência. As ocupações têm um caráter de enfrentamento, de resistência e de retomada das terras, configurando como instrumentos de luta contra o latifúndio, o Estado e o agronegócio. Deste modo, o presente trabalho visa estudar os movimentos socioterritoriais no Brasil, com destaque para os mais atuantes em ocupações e famílias participantes no período de 2000 a 2012, que são os: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura, Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar, Movimento de Libertação dos Sem, Movimentos Indígenas e Comissão Pastoral da Terra. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lara Cardoso DALPERIO, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Faculdade de Ciências e Tecnologia, campus de Presidente Prudente - São Paulo
Mestranda em Geografia pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Faculdade de Ciências e Tecnologia campus de Presidente Prudente - São Paulo, com orientação de Bernardo Mançano Fernandes. Desenvolve pesquisas em geografia humana, questão agrária, estrangeirização da terra, ocupações de terras, manifestações do campo, movimentos socioterritoriais indígenas e camponeses entre outros. Participa do Projeto DATALUTA - Banco de Dados da Luta pela Terra.
Publicado
29-09-2015
Como Citar
DALPERIO, L. C. OS MOVIMENTOS SOCIOTERRITORIAIS MAIS ATUANTES EM OCUPAÇÕES DE TERRAS E FAMÍLIAS PARTICIPANTES NO BRASIL – 2000-2012. Sociedade e Território, v. 27, n. 2, p. 126-148, 29 set. 2015.